Ronaldogate

Nos últimos dias, o MilanLab, que normalmente é tido como um ponto de referência em tratamento médico e preparação física de atletas de futebol, foi envolvido numa lambança que poderia perfeitamente ter ocorrido na Federação Mineira de Futebol ou no Tribunal de Justiça Desportiva da CBF. Continue lendo “Ronaldogate”

Boato.com

Ronaldinho Gaúcho no Milan; Frank Lampard na Juventus; Pepe na Fiorentina (ou na Inter); Morgan De Sanctis na Lazio; Didier Drogba no Milan; Giuseppe Rossi no Parma; Cicinho na Roma; Samuel Eto’o e/ou Alexandre Pato na Inter ou no Milan…ou em qualquer outro clube. E Fernando Torres em todos ao mesmo tempo. A expectativa de um mercado mais intenso na Itália está fazendo com que jornalistas desocupados e agentes de jogadores mais serelepes estejam fazendo com que os jornais se transformem em um amontoado de ‘diz-que-me-diz’. Continue lendo “Boato.com”

Como eles foram no primeiro turno

Inter – 1º turno nota 9
Não há necessidade de relembrar o quanto a Inter é onipotente nesta temporada. Com o melhor elenco, sem achaques psicológicos e uma largada com vantagem folgada sobre o Milan, o campeonato revelou-se mais fácil do que já parecia. A vantagem inicial esmagadora não zera os méritos de Roberto Mancini e companhia: o técnico conseguiu tirar o melhor de Ibrahimovic, Vieira, Crespo e Dacourt, além de gerenciar sem muito dano a situação de um Adriano que queria ser vendido por pressão do empresário. Só um desastre tira a Inter da rota do título, embora no âmbito continental, não haja sinais de que a primazia possa se repetir. Continue lendo “Como eles foram no primeiro turno”

Os escolhidos

Sim, a coluna desta semana emana um ar bíblico. O evento que justifica o título semi-sacro é a escolha do técnico Marcello Lippi. No último sábado, Lippi anunciou a lista dos 29 jogadores que participarão do ‘estágio’ de dois dias na concentração ‘Azzurra’ e de onde sairá a lista final dos italianos que seguem para a Alemanha. Continue lendo “Os escolhidos”

Será que volta a emoção?

Depois do empate no sufoco da Juventus em Cagliari e de uma rápida olhada na performance do time de Fabio Capello nas últimas semanas, todo mundo se entreolhou. Será, que depois de um campeonato que parecia mais do que definido, ainda haveria chances para uma reta final com empolgação? A resposta é: o título ainda está nas mãos da Juventus, mas ela não pode mais dormir tranqüila. Continue lendo “Será que volta a emoção?”

A Batalha

“A última chance para o Milan parar a Juventus”. Claro que com dez rodadas em 38, afirmar que a Série A seria decidida com a partida de sábado à noite no Giuseppe Meazza não passava de propaganda para vender jornal. Contudo, quando jogam Juventus e Milan – ou vice-versa – o resultado é sempre vital. Continue lendo “A Batalha”