Indicações de craque do Brasileiro – comentadas

Goleiro: Bruno (Flamengo), Marcos (Palmeiras), Victor (Grêmio)
Ok. Indicações justas.

Lateral-direito: Jonathan (Cruzeiro), Léo Moura (Flamengo), Vítor (Goiás)
Deveria ter a categoria “nenhum”, embora o goiano tenha sido o melhor dos três.

Zagueiro pela direita: André Dias (São Paulo), Chicão (Corinthians), Danilo (Palmeiras)
Chicão? Chicão? Chicão?????????

Zagueiro pela esquerda: Miranda (São Paulo), Réver (Grêmio), Ronaldo Angelim (Flamengo)
Se o Ronaldo Angelim jogasse exatamente a mesma coisa no Botafogo não ganhava nem para síndico do prédio (embora faça um campeonato correto).

Lateral-esquerdo: Armero (Palmeiras), Júlio César (Goiás), Kléber (Internacional)
Kléber é brincadeira. Muita brincadeira. É quase um programa infantil de tanta brincadeira. Provavelmente o jogador mais “overrated” do Brasil

Volante pela direita: Hernanes (São Paulo), Pierre (Palmeiras), Willians (Flamengo)
Boa seleção, embora a irregularidade do Hernanes pudesse questionar sua presença, uma vez que a avaliação é do campeonato como um todo. O Willians é mesmo o sustentáculo do Flamengo, embora seja visto só como um cabeça-de-bagre.

Volante pela esquerda: Guiñazu (Internacional), Maldonado (Flamengo), Sandro (Internacional)
Guiñazu, não né? Pelo amor de Deus…logo vão dizer que ele é um Essien melhorado e que o Corinthians vai contratar.

Meia-direita: Cleiton Xavier (Palmeiras), Diego Souza (Palmeiras), Souza (Grêmio)
Justo, mas se o cara joga bem só um pedaço do torneio, não é justo favorecer o outro (no caso, o Souza)? O Souza é mediano, mas no Grêmio, é muito regular. E falta o Giuliano.

Meia-esquerda: Conca (Fluminense), Marcelinho Paraíba (Coritiba), Petkovic (Flamengo)
Mesma questão anterior: Conca e Marcelinho jogaram bem o torneio todo, Petkovic, não.

Primeiro atacante: Diego Tardelli (Atlético-MG), Fernandinho (Barueri), Fred (Fluminense)
Justo. Muito, mesmo com Fred jogando meio torneio.

Segundo atacante: Adriano (Flamengo), Iarley (Goiás), Ronaldo (Corinthians)
Ronaldo? Mas por que? Não é prêmio de melhor do Cameponato Brasileiro? Ou vale Estadual e Copa do Brasil? E ademais, não caberia o Zé Roberto?

Treinador: Andrade (Flamengo), Celso Roth (Atlético-MG), Silas (Avaí)
Justíssimo.

Revelação: Fernandinho (Barueri), Giuliano (Internacional), Paulo Henrique (Santos)
Igualmente justo.

Árbitro: Héber Roberto Lopes, Leonardo Gaciba, Paulo César Oliveira
Falta meu preferido, o “nenhum”.

Craque da galera: Conca (Fluminense), Hernanes (São Paulo), Petkovic (Flamengo)
Olha, da galera, da galera mesmo, é o Petkovic, sem sombra de dúvida (não é crítica nem elogio, ok?)



Seleção do colunista:

Bruno (Flamengo), Vítor (Goiás), André Dias (SPFC), Réver (Grêmio) e Júlio César (Goiás); Hernanes (SP), Sandro (Inter), Giuliano (Inter) e Conca (Fluminense); Diego Tardelli (Galo) e Adriano (Flamengo).
PS: Fernandinho tinha ido por engano na seleção.

Técnico: Silas

Revelação: Giuliano (Inter)

Anteriores

Itália reitera sua condição terceiromundista

Próximo

(Verdades e mentiras sobre) Corinthians x Flamengo

16 Comments

  1. Eu até acho que é assim que deve ser, Cassiano. Mas, para mim, as pré-determinações da Globo foram equivocadas. No ataque, por exemplo, vemos atacantes e centroavantes misturados. Assim, não dá certo mesmo. Abs

  2. Eu até acho que é assim que deve ser, Cassiano. Mas, para mim, as pré-determinações da Globo foram equivocadas. No ataque, por exemplo, vemos atacantes e centroavantes misturados. Assim, não dá certo mesmo. Abs

  3. Cassiano Gobbet

    Não disse que sua sugestão é limitadora. Me referia ao sistema adotado pela Globo, colocando jogadores em posições pre-determinadas. abs

  4. Talvez minha sugestão seja mesmo limitadora, Cassiano. Mas impediria algo que eu verdadeiramente odeio em seleções de campeonatos: O descompromisso tático. Com uma eleição em aberto, haveria o risco de vermos um selecionado de 2009 com um meio formado por Hernanes, Diego Souza, Petkovic e Marquinhos, por exemplo. Já vi isso muitas vezes, sobretudo em revistas esportivas, o que, para mim, acaba invalidando a iniciativa.
    Abs

  5. Cassiano Gobbet

    Limitar o voto por posição e entre jogadores é ruim. O Hernanes concorre como volante, mas na prática, jogou muitas vezes de meia, por exemplo. A eleição tinha de ser feita em aberto. Quem teve mais votos entra limitando os setores (na defesa, no máximo quatro no mínimo dois, no meio-campo no mínimo dois, etc).

  6. O Gílson fez uma observação interessante. Acho que até mesmo as posições em campo ficaram erradas quando olhamos para os indicados.
    Para mim, no meio-campo deveria haver o primeiro volante, o segundo volante, o meia direita e o meia esquerda. No ataque, dividiria a dupla em segundo atacante e centroavante.
    Assim, Pierre e Hernanes estariam em categorias diferentes e Tardelli (que no Galo é o jogador mais adiantado), Ronaldo e Adriano estariam juntos na categoria centroavante.
    Mas pra que simplificar, não é?

  7. Alexandre

    Gostaria de saber quem vota nesse prêmio; em uma das edições passadas vi que até atores da Globo e cantores votavam; se isso continua até hoje para mim esse prêmio não vale de grande coisa. Não sou fã dessa mania de premiações, muitas vezes sem critério técnico.

    De todo modo minha seleção do campeonato é:
    Victor; Jonathan, André Dias, Miranda e Júlio Cesar (por falta de opção); Maldonado, Hernanes, Petkovic e Conca; Marcelinho Paraíba e Adriano.

    Técnico: Silas
    Revelação: Paulo Henrique (o Giuliano vi pouco jogar)

  8. Raphael

    a minha seria: Victor, Jonathan, André Dias, Réver, Júlio César, Pierre, Maldonado, Diego Souza, Conca, Diego Tardelli, Adriano

    Silas treinador
    Paulo Henrique revelação

  9. Minha seleção:

    Marcos; Jonathan, Réver, Miranda e Júlio César; Pierre, Hernanes, Souza e Conca; Marcelinho Paraíba e Adriano.

    abraços!

  10. Giuliano Melo

    Eu acho que ele tem complementado bem o Pet e Adriano, eles conseguem fazem um bom trinângulo ofensivo. Mas imagino que sem o Pet ou o Adriano o time não iria tão bem, o Zé Roberto não me parece ser um jogador decisivo ou ter prefil para ser a grande estrela, mas reconheço que ele é um excelente coadjuvante.

  11. Cassiano

    A antiga nomenclatura é difícil demais para os atuais padrões de QI.

  12. Gilson

    O que aconteceu com a nomenclatura antiga para os zagueiros (zagueiro central/quarto-zagueiro)? Foi abolida com o novo acordo ortográfico?

    E acho esse Jonathan um lateral competente. Nenhuma sumidade, mas competente. Principalmente no apoio.

  13. Gilson

    O que aconteceu com a nomenclatura antiga para os zagueiros (zagueiro central/quarto-zagueiro)? Foi abolida com o novo acordo ortográfico?

    E acho esse Jonathan um lateral competente. Nenhuma sumidade, mas competente. Principalmente no apoio.

  14. Minha seleção: Victor; Jonathan, Réver, Miranda e Júlio César; Pierre, Sandro, Petkovic e Diego Souza; Diego Tardelli e Adriano.
    Técnico: Silas.
    Revelação: Giuliano. Mas Paulo Henrique e Neymar merecem a citação.

  15. Cassiano

    É exatamente o que acho do Petkovic. Refugo do Galo no primeiro semestre. O Fla engrenou no momento em que Zé Roberto largou a nightlife para virar jogador.

  16. Giuliano Melo

    Cassiano,

    o Zé Roberto que você citou é o do Flamengo???
    caso afirmativo, não concordo, ele só começou a fazer bons jogos nessa reta final do Brasileiro, e ainda assim com algumas oscilações. Na primeira metade do campeonato o desempenho dele foi pífio.

    abs.

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top