Na última quinta-feira o Manchester United venceu o ucraniano Zorya Luhansk por 2×0, conseguindo a segunda vaga do grupo A da Europa League, e assim se classificando para o mata-mata do torneio. Os red devils encerraram a primeira fase com 12 pontos, 4 vitórias e 2 derrotas em 6 partidas.

O embate ocorrido em Odessa (Ucrânia) esteve ameaçado de ser adiado, algo que não ocorreu mesmo devido ao frio intenso. O mesmo problema afetou o confronto entre Sassuolo (Itália) e Genk (Bélgica), o qual acontecerá nesta sexta-feira devendo confirmar a classificação do time belga, segundo colocado no grupo F.

O United iniciou seu rumo na Europa League sem muito alarde, mas com um suposto desdém um tanto superdimensionado pela imprensa inglesa. Num primeiro momento o treinador José Mourinho mostrou preocupação com a sequência de confrontos, intercalados com o calendário da Premier League.

Um detalhe pouco observado foi o nível de dificuldade imposto aos red devils, sorteados no duríssimo grupo A, junto ao também classificado Fenerbahçe (Turquia) e ao eliminado e tradicional Feyenoord (Holanda), este por sua vez já vencedor de Champions League e bi-campeão de EL (ainda no período Taça UEFA).

A partida

Voltando ao confronto da quinta-feira, o modesto Zorya não mostrou efetividade ofensiva, tendo entrado em campo já eliminado. Pelo lado do United, a surpresa foi o retorno antecipado do zagueiro Eric Bailly, lesionado em setembro e com previsão de volta apenas para o fim de dezembro.

Mourinho mandou a campo o alinhamento inicial com Romero, Young, Bailly, Blind e Rojo. Herrera, Pogba, Mhkitaryan, Mata e Rooney. Ibrahimović. Os gols do United surgiram apenas na segunda etapa. O armênio Henrikh Mkitahyran sacramentou sua afirmação no grupo principal, abrindo o placar aos 48 min.

O meia recuperou a bola no círculo central avançando de forma centralizada sem muitos problemas, e tocando na saída do goleiro Levchenko. O segundo gol saiu ao fim, aos 88 min, com Ibrahimović recebendo passe longo de Paul Pogba. O atacante sueco se encontrava muito a frente da adiantada linha defensiva do Zorya. Ibrah avançou a área adversária e finalizou sem dificuldade.

Os red devils mantiveram o alto índice de ocasiões de gol criadas, num total de 17, das quais 8 foram em gol. A fragilidade do Zorya permitiu que a equipe de Mourinho obtivesse 66% de posse de bola, em tempo total de esférico rolando (dados segundo levantamento oficial da UEFA).

Mais uma vez, a equipe realizou boa partida num torneio de mata-mata, tal qual Mourinho recentemente também já consentiu, em detrimento do desempenho na liga inglesa. Mais especificamente no pós-jogo deste confronto contra o Zorya, Mou elogiou enfaticamente a apresentação de Mhkitaryan.

Assim como reclamou de pequenos problemas proporcionados pela torcida, durante o confronto. O treinador mencionou a caneta laser apontada para o zagueiro Daley Blind, e o sinalizador atirado em direção ao goleiro Sérgio Romero. Mais além, Mourinho ironizou a situação atual em que vitórias estão vindo com dificuldade. Afirmou que sabe-se que o time tem jogado bem, por isso “as cabeças ainda não rolaram”.

Não há como negar que a EL se tornou um objetivo importante nesta primeira temporada de Mourinho à frente do United, uma vez que alcançar os postos de classificação para a Champions League, via Premier League está sendo difícil. O campeão da EL ganha vaga direta para a fase de grupos da CL 2017/2018.

A espera do sorteio

Diante dos adversários que a equipe pode vir a enfrentar a partir da fase 16-avos de final, em fevereiro, o United tem maior investimento, tradição e revelando-se sim favorito.

Surgirão times tarimbados na Europa (Fenerbahçe, Villarrreal, Roma), bem como antigos campeões de copas europeias (Zenit, Ajax, Shakhtar Donetsk, Schalke 04). É inegável porém um aspecto de superioridade dos red devils, que precisa ser enfatizado e almejado pelo próprio clube.

O sorteio dos confrontos ocorrerá na segunda-feira 12/12, a ser realizado pela UEFA junto ao sorteio dos confrontos das oitavas de final da Champions League. A fase 16-avos de final da EL tem seus jogos de ida marcados para 19/02/2017.

Classificados para o mata-mata da EL: Fenerbahçe (Turquia), Manchester United (Inglaterra), APOEL Nicosia (Chipre), Olympiakos (Grécia), Saint Éttiene (França), Anderlecht (Bélgica), Zenit (Rússia), AZ (Holanda), Roma (Itália), Astra Giurgiu (Romênia), Athletic Bilbao (Espanha), Ajax (Holanda), Celta de Vigo (Espanha), Shakhtar Donestk (ucrânia), Gent (Bélgica), Schalke 04 (Alemanha), Krasnodar (Rússia), Fiorentina (Itália), PAOK (Grécia), Sparta Praga (República Checa), Hapoel Beer Sheva (Israel), Osmanlispor (Turquia), Villarreal (Espanha)

O grupo F ainda aguarda a realização de Sassuolo (Itália) x Genk (Bélgica), nesta sexta-feira 9:30 hr (horário de Brasília).

Classificados para o mata-mata da EL via terceira colocação da fase de grupos da Champions League: Ludogorets (Bulgária), Besiktas (Turquia), Borussia Möenchengladbach (Alemanha), FC Rostov (Rússia), Tottenham Hotspur (Inglaterra), Legia Varsóvia (Polônia), Copenhague (Dinamarca), Lyon (França).

Imagem de Ibrahimović no lance do segundo gol: Peter Cziborra/Reuters