Não isso não é um guia da Copa das Confederações. Nem um posicionamento crítico e lúcido como apenas o editor deste blog consegue escrever. O Brasil vai apresentar uma competição futebolística caríssima e estaremos mais próximos do que nunca do Mundial superfaturado e pago com verba pública de 2014.

Porém trata-se de uma competição de futebol e pelo menos três grandes seleções estarão em nosso país, desembarcando em nossos aeroportos nesta semana. Itália, Espanha, Uruguai, além do Brasil. O México vai dar trabalho (como sempre) só para o Brasil, a Nigéria é uma zebra que também pode complicar para o Brasil (alguém se lembra das Olimpíadas de 1996). E o Japão vem em momento regular e também pode complicar contra o Brasil (alguém se lembra de novo das Olímpíadas de 1996?).

Sim, aqui no 90 Minutos sempre lamentamos a pobreza técnica e de talento dos boleiros que aqui jogam, mas a partir do próximo sábado teremos patrimonios do futebol europeu desfilando por suntuosos estádios superfaturados. A tetra-campeã Itália trará pelo menos três atlétas de grande destaque. Andrea Pirlo, um dos favoritos deste blog já se vê em crepúsculo de carreira. Aqueles que comparecerem a alguma partida em que Pirlo esteja em campo, talvez possa presenciar alguns de seus últimos lançamentos em profundidade ou cobranças de falta perfeitas.

Mario Balotelli, possivelmente se tornará manchete da (pseudo) imprensa especializada em fofoca. Se jogar uns 20% do que proporcionou na última EURO, já terá valido uns 20% do preço absurdo que o espectador terá pago por vê-lo em campo. El Shaarawy é supostamente alvo de especulações zilionárias de mercado, podendo o neo-zilionário Monaco, tirá-lo do Milan. Il faraoni aqui será alvo de revistas adolescentes. Futebolisticamente justificaria uns 20% da badalação desmedida feita pela midia brazilis em torno…daquele atacante que foi vendido do Santos para o Barcelona.

A fúria espanhola trará o regularíssimo porém discreto David Silva. Porém os holofotes serão voltados para o boa praça Fernando Torres, pouco querido no Brasil, mas corretíssimo por ser fora de campo o oposto de uma celebridade.

David Villa fez mais gols que Torres no último Mundial mas também não é querido entre os brasileiros. Xavi, Fábregas e Iniesta desfilarão suas elegâncias pelos campos brasileiros. Só aí temos toda a linha ofensiva do poderoso Barcelona, mas o povão vai sentir é saudade dos Ibsons, Gums, Osvaldos e Diegos Souzas neste recesso do Brasileirão. Ah sim e o Uruguai, que vem caíndo pelas tabelas nas Eliminatórias sul-americanas trará Edinson Cavani, supervalorizado alvo do Chelsea para a próxima temporada.

E, Luis Suarez que pode ir para o Real Madrid. Mas trata-se do Uruguai que pode repetir a final da Copa de 1950 e…pode complicar contra o Brasil! Alguém aí se lembra da estréia de Felipão nas Eliminatórias para o Mundial de 2002?

É Copa das Confederações vai começar!