Santástico

Começo dizendo logo que acho o atual elenco do Santos muito melhor do que os últimos, especialmente os montados por Luxemburgo. Mas, seguindo a lógica anterior, o Santos está jogando sozinho. Quando faz treinos na Vila está enfrentando times melhores (os reservas). Dorival Júnior é um técnico excelente, mas nem no Cruzeiro nem no Coritiba, ele montou boas defesas. No Vasco, jogou contra ninguém (quase literalmente). Em Belo Horizonte, fez a sexta pior defesa do Brasileiro; no Coritiba, a nona. Hoje, o elenco do Santos tem promessas e nomes medianos. Para comportar um time com Paulo Henrique Ganso, Neymar e Robinho, precisa obrigatoriamente de uma retaguarda que não tem. Ou seja: devagar com o andor de comparar este Santos ao time de Pelé, porque o Santos é de barro. Pelo menos, até provar o contrário.

Anteriores

Chato

Próximo

Respeitando a cultura

3 Comments

  1. Raphael

    nunca tinha me atentado a essa questão das defesas em times comandados por ele, o que acho é que ele é hoje um dos melhores treinadores do Brasil, e tem condições de ter grandes conquistas na carreira, parece um sujeito centrado, que tem inteligencia pra compreender o jogo… e o Santos na mão dele pode ser um dos principais times desse ano no Brasil.

  2. Alexandre Rodrigues Alves

    Dorival até agora tem se mostrado um bom técnico na minha visão:
    – Fez bons trabalhos no Figueirense e Sport.
    – No Cruzeiro não tinha zagueiros de bom nível e privilegiou o ataque, o time teve o melhor ataque do Brasileiro de 2007, superando até o SPFC.
    – No Vasco não fez mais que a obrigação, mas chegou na semi da Copa do Brasil com menos investimentos do que o Corinthians em 2008.
    Precisa é criar raízes e firmar um bom trabalho por mais de um ano.

    Concordo que o Santos tem um elenco mediano para um Brasileiro mais logo, por isso penso que tem mais chances agora no Paulista e na Copa do Brasil (sem a concorrência dos elencos teoricamente mais fortes).

  3. Alexandre Rodrigues Alves

    Acho o Dorival um bom técnico; no Cruzeiro os jogadores que ele tinha a disposição para a defesa eram sofríveis (Leo Fortunato, Luisão e Thiago Heleno); mesmo assim ele classificou para a Libertadores com o melhor ataque do campeonato. Concordo que no Vasco não fez mais do que a obrigação, mas chegou na semifinal da Copa do Brasil com muito menos investimento do que o Corinthians em 2008.

    Concordo no fato que o elenco do Santos é limitado para um Brasileiro, por isso penso que ele tem mais chances de sucesso agora no Paulista e na Copa do Brasil (sem os time teoricamente mais fortes), no embalo e na ofensividade do seu trio de frente, ainda que a comparação citada por ufanistas da imprensa (o que,claro, não é o seu caso), seja descabida.

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top