Chato

Para mim, hoje, José Mourinho é o melhor técnico do mundo. Carlo Ancelotti, caso vença a Liga dos Campeões, pode recuperar a ponta, mas o português ainda é o melhor. Sua carreira indica que seu comportamento mediático de brigar com todo mundo é uma constante para ltirar a pressão de seus jogadores – medida inteligente que outros grandes técnicos fizeram, como Telê Santana, Luiz Felipe Scolari e Alex Ferguson. Mas Mourinho já passou do ponto. E faz tempo. Com seu time líder, reclama de “roubos” de arbitragem que não ocorrem. Sua política de “todos querem nos roubar” (exatamente a mesma de Porto e Chelsea), atingiu níveis malísticos. A Internazionale é o melhor elenco da Itália, mesmo antes de Mourinho. Roma e Milan não estão nas suas canelas. E Mourinho continua buscando o holofote. Um cara inteligente, competente ao quadrado e ainda melhorando como técnico, não deveria fazer o papel de bobo que vem fazendo.

Anteriores

Quão efêmero é um amor

Próximo

Santástico

6 Comments

  1. Cassiano Gobbet

    fato

  2. Raphael

    ela abusa de ser mala as vezes, excelente treinador, mas tá abusando ultimamente.

  3. Alexandre Rodrigues Alves

    Bem lembrado Gilson, ainda teve esse péssimo desempenho na UCL passada. O pior não foi nem ter se classificado mal, tendo como “castigo” de jogar com o Man. Utd., o duro é nem mostrar futebol, o que tb não fez nessa edição, ainda que tenha mostrado um pouco mais de vontade contra o Dínamo e o Rubin, o que tb não é grande coisa pois, como você disse, os caras são regiamente BEM pagos.

  4. Gilson

    Alexandre, posso estar sendo crítico demais, mas creio que nada apaga o fato de que o cara, na temporada passada, comandando um elenco pago a peso de ouro – a qualidade técnica é outra conversa, mas, segundo La Gazzetta, os caras eram e ainda são regiamente pagos -, terminou a fase de grupo em segundo lugar. E em primeiro ficou o Panathinaikos – foi isso, não? Até o Anorthosis deu calor nos caras.

  5. Gilson

    (…) Apesar do discutível valor / Adotou um ar superior / E se babava quando ouvia o seu grito / Pensou na idéia de tornar-se um mito / (…) / Do nosso herói que era um tanto inseguro / Ninguém pensava que tivesse futuro / Sua personalidade maleável / Acabou ficando insuportável (…)

    Para lembrar o início da minha adolescência…

    Eu deixei de levar o cara a sério desde aquela “coletiva” do “zero titoli”.

  6. Alexandre Rodrigues Alves

    Mourinho é um bom técnico, mas parece muitas vezes que está na Inter apenas de passagem, para voltar à Inglaterra ou ir se juntar a outro gigante midiático, o Real Madrid. Na Inter na UCL ainda não fez nada que justificasse sua fama (isso pode mudar no confornto com o Chelsea).
    O time até que melhorou um pouco no meio com Sneijder e tem mais opções de frente com Milito e Pandev, mas não conseguiu se livrar de jogadores medíocres como Córdoba e Materazzi, falhou miseravelmente na contratação de Quaresma e Mancini (tb por culpa do gastão Moratti) e passou vergonha nos jogos contra o Barcelona. Vamos ver se a preparação para o jogo contra seu ex-time funcionou e aí poderemos dizer se ele está mais falando do que trabalhando bem de fato.

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top