Brasil

Júlio César (Internazionale); Maicon (Internazionale) ou Daniel Alves (Barcelona), Douglas (Twente), Thiago Silva (Milan) e Filipe Luís (Deportivo); Felipe Melo (Juventus),  Hernanes (São Paulo) e Ramires (Benfica); Kaká (Real Madrid);  Pato (Milan) e Luis Fabiano (Sevilla)

É o que há de melhor do Brasil hoje. Contando Juan (Roma) e Fabio Aurélio (Liverpool) como lesionados.

PS: o negrito no Thiago é porque eu tinha esquecido dele. Realmente ridículo da minha parte (embora o Bordon também viva grande fase)

Anteriores

Nem tudo é futebol

Próximo

A força dos bastidores do São Paulo

13 Comments

  1. Boni dos Santos

    Ok.
    Mas em termos de Copa do Mundo acredito piamente que sem ter a maioria dos titulares jogando nas grandes ligas, é impossível uma seleção ganhar um Mundial nesses tempos modernos. É por essa razão que não aceito e não entendo o deslumbramento que vejo em torno da Rússia…

  2. Cassiano Gobbet

    Para mim já estaria ótimo. Sem o Lúcio nem o Gilberto (qualquer um dos dois), já tá valendo. Encarava até Domingos e Moradei.

  3. Cassiano Gobbet

    Gilson, o Nesta não dá para chamar de “Renascido”, porque sempre que conseguiu andar, jogou muito. Ele é o maior zagueiro da sua geração. o que teve problemas de tornozelo, joelho e coluna. É o melhor parceiro que o Thiago poderia querer.

  4. Cassiano Gobbet

    Gostaria de qualquer time sem o Lúcio nem o Gilberto Silva

  5. Cassiano Gobbet

    Boni, a observação era a seguinte: esses são os caras que, na minha opinião (que naturalmente não é a dona da verdade), estão se destacando mais em suas posições. Vamos nos lembrar que quando o Elando foi convocado pela primeira vez, estava no Shakhtar e hoje está no Galatasaray (tb não exatamente uma força do futebol mundial). Como eles, já tivemos o Afonso Alves, o Vagner Love, Edu Dracena, Dudu Cearense, todos estavam em campeonatos de segunda linha quando eram chamados. Isso para não falar em Kléber (lateral), Morais, Jônatas, Cássio, Carlinhos. Com tanta coisa bizarra, porque não ele? Ademais, nem é uma leitura de qual deveria ser a seleção:é o que há de melhor do Brasil. abs

  6. Cassiano Gobbet

    Boni, a observação era a seguinte: esses são os caras que, na minha opinião (que naturalmente não é a dona da verdade), estão se destacando mais em suas posições. Vamos nos lembrar que quando o Elando foi convocado pela primeira vez, estava no Shakhtar e hoje está no Galatasaray (tb não exatamente uma força do futebol mundial). Como eles, já tivemos o Afonso Alves, o Vagner Love, Edu Dracena, Dudu Cearense, todos estavam em campeonatos de segunda linha quando eram chamados. Isso para não falar em Kléber (lateral), Morais, Jônatas, Cássio, Carlinhos. Com tanta coisa bizarra, porque não ele? Ademais, nem é uma leitura de qual deveria ser a seleção:é o que há de melhor do Brasil. abs

  7. Cassiano Gobbet

    Ele começou no Joinville, na mesma época que o Ramires e o Edgar (que hj está no Nacional da Ilha da Madeira)

  8. Raphael

    o Douglas foi revelado onde? chegou a jogar aqui no Brasil?

  9. Alexandre

    De fato o Zé Roberto é um bom nome para jogar no meio campo, para mim bem melhor (por enquanto) que os badalados Lucas e Anderson.

  10. Boni dos Santos

    Só não concordo com Douglas e Filipe Luis. O primeiro ainda não jogou em alto nível, a Eredivisie não serve como parâmetro a não ser que um jogador do Ajax ou do PSV arrebente na LC. O segundo foi um vulto contra a Venezuela e tbm não tem experiencia em alto nível, joga bem contra Numancia, Valladolid, Espanyol e Gijón. Ah, fala sério…

  11. Gostaria de ver a Seleção num 4-3-1-2 com: Júlio César; Maicon, Lúcio, Juan e Fábio Aurélio; G.Silva, Daniel Alves e Zé Roberto; Kaká; Pato e Luís Fabiano.
    Reservas: Victor, Marcos, Luisão, Thiago Silva, Marcelo, Ramires, Felipe Melo, Elano, Diego, Robinho, Nilmar e Adriano.
    Um 4-2-3-1 com uma linha composta por Pato, Kaká e Robinho atrás de L. Fabiano tbém me agrada e penso que funcionaria bem contra defesas mais fechadas.

    Abraço.

  12. Gilson

    O mais impressionante no Thiago Silva é o fato dele ainda estar em fase de ambientação ao futebol europeu e, mesmo assim, já mostrar um futebol que o credencia a ser um dos melhores defensores da Europa em mais uma temporada.

    A dupla que está fazendo com o renascido Sandro Nesta poderia ser uma das melhores da história do clube caso o italiano contasse com uns quatro anos menos.

    Impressiona em muitos momentos.

    E pensar que Pato já é um dos melhores jogadores da atual temporada não é maluquice. Ainda não está pronto para levar o clube ao topo/figurar na lista de melhores do ano, mas é questão de tempo, e alguns reforços, até que isso aconteça.

    Bastam algumas contratações corretas, ele continuar apresentando a melhora atual e um pouco de paciência que esse dia vai chegar.

  13. Alexandre

    Julio Cesar, DAlves, Juan, Miranda, FAurélio; Hernanes (FMelo), Ramires, Kaká, Diego; Pato e LF.

    Não temos um grande volante marcador novo ainda; falta tb um jogador para ser opção na faixa de jogo do Kaká.

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top