A força dos bastidores do São Paulo

Diz-se que “o São Paulo trabalha bem nos bastidores”. Como escrevi num post anterior, chegou-se até a sugerir que o São Paulo estava armando para cima do Flamengo. Acho ambas as afirmações ridículas. O São Paulo ameaçar o Flamengo me soa como a notícia de que o Malawi prepara uma ofensiva militar contra os Estados Unidos.

Que cazzo de “força de bastidores” do São Paulo é essa que o presidente da federação local faz uma denúncia tão ridícula quanto a envolvendo “ingressos para o show da Madonna” um dia antes do jogo decisivo?

Ou então, como explicar a dificuldade de um clube “com força nos bastidores” para conseguir confirmar o Morumbi – única alternativa que não é completamente insana, indecente e obscena – como sede da Copa? Esclarecendo: a proposta do Morumbi é indecente e obscena, uma vez que terá dinheiro público. É que as outras são piores.

O São Paulo foi favorecido pela arbitragem e prejudicado pela arbitragem no campeonato. Colocar mais fé no santo do que a do próprio é olhar de inquisidor, de quem vai na igreja falar “Sai Satanás” e chegando em casa bate nos filhos e mulher, como se o culpado fosse o Satanás.

Anteriores

Brasil

Próximo

Arbitragens e outros crimes

4 Comments

  1. Alexandre

    Com certeza, o SP é menos subserviente, por isso lembrei de fatos que mostram que ele não é “o maior beneficiado”, como alguns dizem.

    Em relação a Copa do Mundo é algo que fico até com nojo de falar (assim como as Olimpíadas).

  2. Cassiano Gobbet

    Aí é que está: o SP é MENOS subserviente que a maioria dos times. Por isso que tem uma série de problemas. Não indicar o Morumbi como estádio da Copa é uma insânia – uma insânia que vai encher o bolso de muitos vagabundos com o nosso dinheiro. A arbitragem do Brasil é ridícula de ruim (árbitros esses que depois se tornarão comentaristas de arbitragem ridículos), mas não consigo ver um complô. Exceto na situação do Simon, mas aí, porque ele erra seguidamente e sempre beneficiando um lado “interessante” para ele.

  3. Raphael

    é por ai mesmo, todos os times foram ajudados e prejudicados em alguns jogos, não há exceção quanto a isso, a diferença é em alguns casos, aconteceram erros gritantes, muito por culpa dos apitadores em questão.

  4. Alexandre

    O São Paulo é tão influente como a maioria dos clubes grandes que são subservientes ao atual presidente da CBF e aceitam o estado de coisas no futebol brasileiro. Como vem conquistando títulos, vem sendo acusado disso, sem provas.

    Se o SPFC fosse tão influente assim na CBF, pq não obteve a liberação de rodadas do Brasileiro para jogar a Copa da Paz em 2007 e para realizar um amistoso agora contra o Lyon no Morumbi? (para citar só mais um exemplo…)

    No campeonato, como vc disse, os times foram ajudados e prejudicados em vários jogos.

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top