Nesta quarta-feira teremos mais dois jogos de volta das oitavas de final da Champions League. Na Catalunha o Barcelona tentará reverter um difícil quadro, diante do francês Paris Saint-Germain, no Camp Nou (Catalunha/Espanha). Paralelamente o alemão Borussia Dortmund ainda sonha com a classificação, ao receber o Benfica em Dortmund (Alemanha).

Culés x PSG

Após ser derrotado por 4×0 na partida de ida, o mundo desabou na Catalunha com o técnico Luís Enrique confirmando que não renovará o seu contrato, nos dias posteriores à goleada sofrida. Enrique lidou com desfalques importantes na partida de ida e o que impressiona é a falta de respaldo tanto do elenco, quanto da omissa diretoria blaugrena.

Parte dos problemas foram sanados com o retorno de Javier Mascherano, indisponível para o confronto em Paris (França). O treinador reposicionou o time num 3-4-3 nas últimas partidas de La Liga. A linha de defesa teve Umtiti/Mascherano/Alba, com uma flutuação pela direita, demandando o quarto homem de meio-campo que pode ser Sergi Roberto ou Rafinha.

Luís Enrique (Josep Lago/AFP)

Luís Enrique (Josep Lago/AFP)

Outro problema que acometeu o plantel de Luís Enrique na véspera da partida de ida, foi a lesão grave sofrida por Aleix Vidal, lateral-direito. Sanada a insegurança defensiva o ataque voltou a funcionar, computando 13 gols nas três últimas rodadas de La Liga. 11 gols nas últimas duas partidas.

Em contraparte a equipe sofreu 3 gols, nestes três últimos jogos. Trata-se do Barcelona mas são necessários quatro gols sem sofrer nenhum em 90 minutos, para levar o confronto desta quarta para a prorrogação.

Do lado parisiense o PSG segue brigando pela liderança da Ligue 1, ao ocupar neste momento a segunda colocação. No último meio de semana a equipe se classificou para as quartas de final da Coupe de France, ao vencer o modesto Niort por 2×0. No último fim de semana bateu o Nancy, em vitória suada por 1×0 pela rodada 28 da Ligue 1.

Nestes últimos jogos o trenador Unai Emery pode rodar o elenco, dando descanso às peças que acumulam muitos minutos em campo. O que segue saltando aos olhos é a voluntariedade dos homens de ataque Cavani, Pastore, Lucas ou Draxler, os quais se entregam à recomposição e recuperação da bola; quando o time perde a posse do esférico. Isso seja contra um time de divisão inferior, seja contra um Barcelona.

O argentino Angel Di María é dúvida e o volante ítalo-brasileiro Thiago Motta é desfalque confirmado por Emery, devido a lesão na panturrilha. A vantagem de 4×0 da ao PSG a possibilidade de jogar em contra-ataques rápidos, situação onde o brasileiro Lucas pode ser mais útil do que Di María.

O PSG pode sofrer gols do Barcelona, mas conta com peças ofensivas minimamente perigosas. Os parisienses mantém um sóbrio favoritismo.

Em Dortmund

No Signal Iduna Park (Dortmund/Alemanha) o Borussia Dortmund tem plenas condições de impôr uma vitória por dois gols de diferença, diante do lusitano Benfica. Na partida de ida os águias lisboetas obtiveram vitória pelo placar mínimo, num confronto bastante disputado.

O Dortmund impôs uma goleada vistosa sobre o Bayer Leverkusen (6×2), na rodada de fim de semana da Bundesliga. O feito decretou a queda do treinador adversário, que entra em campo na próxima semana pelas oitavas de final desta CL. Por outro lado, o atacante Marco Reus se lesionou e não deve atuar nesta quarta.

O Benfica lidera a Liga Sagres tendo vencido seu compromisso de fim de semana por 1×0, diante do Feirense. Ainda que tradicionalíssimo, os águias talvez estejam no limite de sua participação na CL, na condição de bons coadjuvantes.

Barcelona x PSG e Borussia Dortmund x Benfica estão marcados para as 16:45 hr (horário de Brasília). Os confrontos serão exibidos pela Esporte Interativo na tv fechada. Globo e Band anunciaram a transmissão de Barcelona x PSG.