Ainda ao findar da semana passada, o Real Madrid já tinha confirmada a sua eliminação da disputa da atual edição da Copa Del Rey espanhola. O clube merengue não se atentou à suspensão que o meia russo Denis Cheryshev, deveria cumprir e o escalou contra o Cádiz, em partida realizada 02/12.

Cheryshev jogou a última edição da Copa Del Rey pelo Villarreal, e os cartões não são zerados de uma temporada para a outra. Os merengues venceram por 3×1 mas o Cádiz denunciou o uso indevido do atleta. O Real Madrid tentou se defender alegando não ter sido informado, ou notificado da suspensão acumulada por Cheryshev.

Em audiência realizada na Espanha a 03/12 o Juizado Único da Federação afirmou que os cartões recebidos por Cheryshev, foram notificados através do site oficial da Real Federación Española de Fútbol, no último dia 6 de março, data da última partida jogada pelo atleta. Os dados seguem no site da entidade até o presente momento.

O Real Madrid alegou que deveria ter recebido a notificação, mas o Juizado Único ressaltou que todos os clubes estão cientes de que devem consultar o site da RFEF. A notificação poderia ter vindo num informativo circular, informativo o qual os blancos afirmaram que não receberam. O Juizado Único afirmou que qualquer clube pode solicitar o documento, caso não receba.

Além da eliminação, o Real Madrid ainda foi multado no valor de 6 mil e um Euros e na sequência, o presidente Florentino Pérez pretendia recorrer da resolução. Juridicamente, o clube merengue tentava assegurar que disputaria a partida de volta, contra o Cádiz agendada para ocorrer no próximo dia 23/12 (quarta-feira).

As últimas instâncias.

Nesta última quinta-feira, o Comitê de Apelação também endossou a decisão do Juizado Único, mantendo a suspensão do Real Madrid, no que diz respeito a disputa da atual edição da Copa Del Rey. Segundo o periódico espanhol El País, o Comitê ressaltou mais uma vez que era responsabilidade dos blancos buscar o status de Cheryshev seja junto à RFEF, seja junto ao Villarreal, clube para o qual o meia-atacante russo foi cedido.

Florentino Pérez aguardava nesta última sexta-feira 11/12, um veredito do Tribunal Administrativo del Deporte (TAD), que poderia deferir uma improvável anulação da suspensão/eliminação da Copa Del Rey, imposta pela RFEF. O TAD se reúne todas as sextas-feiras e na reunião desta última, o Tribunal solicitou toda a documentação providenciada pela defesa dos blancos.

No entanto, o TAD não expressou nenhum veredito sendo que o mesmo deverá surgir apenas na próxima sexta-feira, dia 18/12. Em contraparte, a partida de volta entre Real Madrid x Cádiz está suspensa, segundo informou o El País. Logo depois, o Real Madrid anunciou que já estava providenciando devolução do dinheiro dos torcedores, que compraram entradas para a partida.

A imprensa espanhola de antemão observava como inútil as tentativas do Real Madrid, em tentar desvencilhar-se da punição. Isso tendo em vista diversos casos similares em que a RFEF, não deferiu em favor dos clubes que escalaram atletas de forma irregular. Na atual edição da Copa Del Rey, o Osasuna já foi eliminado em virtude de problema similar.

Os blancos entram em campo pela décima-quinta rodada de La Liga neste domingo, 13/12. O adversário será o Villarreal.

Imagem de Cheryshev sendo substituído contra o Cádiz: Denis Doyle – Getty Images