Atual campeão da Premier League britânica, o Chelsea volta à campo pela liga inglesa neste sábado, para enfrentar o rival local Arsenal. A partida ocorre pela sexta rodada do torneio em Stamford Bridge (Londres), domínios do time blue. A equipe se vê com apenas quatro pontos em quinze possíveis, num inicio de temporada minimamente desastroso.

Às vésperas do confronto, a imprensa britânica voltou a reverberar a questão envolvendo a dra. Eva Carneiro, ainda médica do Chelsea mas afastada do banco de reservas junto ao fisioterapeuta John Fearn. O treinador blue José Mourinho excluiu-os do banco após a primeira rodada da Premier League, quando o Chelsea empatou em 2×2 contra o Swansea City.

Eva e John atenderam Eden Hazard após o meia sofrer um golpe no estômago, já nos acréscimos da partida, quando o Chelsea se via com um atleta a menos, devido a expulsão do goleiro Courtois. Mourinho se irritou, contrariado com a situação que obrigava Hazard a sair de campo, deixando o time momentaneamente com nove homens tentando manter o resultado de empate.

O que muitos se perguntaram foi se tudo não passou de um “jogo de cena” de Mourinho, após uma estreia em que o time jogou mal. A situação gerou estrondo enorme na imprensa inglesa, ganhando repercussão mundial. O público e torcida do Chelsea prestou apoio à dra. Eva, que agradeceu via redes sociais oficiais.

Punição à Mourinho e retorno da dra. Eva?

Segundo faz constar o The Independent e o The Sun, periódicos britânicos a FA (Football Association) iniciou investigação acerca do caso e pode vir a punir Mourinho em cinco partidas de suspensão. Segundo informa o periódico espanhol El País, repercutindo as informações dos jornais ingleses, um vídeo de um torcedor que teria denunciado Mourinho, mostra o técnico proferindo ofensas sexistas à dra. Eva.

O momento atual do Chelsea é de tensão interna, mesmo a equipe tendo goleado o frágil Maccabi Tel-Aviv de Israel, por 4×0 no meio da semana, em jogo válido pela fase de grupos da Champions League. O confronto com o Arsenal marca ainda um emparelhamento entre Mourinho e o técnico gunner Arsene Wenger, que alimentam uma rivalidade mútua.

O Arsenal derrotou o Chelsea no começo da atual temporada, pelo Community Shield (ou Supercopa da Inglaterra), ocasião que representou a primeira vitória da carreira de Wenger sobre Mourinho. Na primeira rodada da Premier League da temporada passada, Mou e Wenger quase chegaram a se agredir à beira do gramado, quando blues e gunners se enfrentaram.

O periódico britânico The Times assegura que Eva Carneiro e John Fearn retornam ao banco de reservas do Chelsea, neste sábado.

Chelsea x Arsenal se enfrentam às 8:45 hr (horário de Brasília). A Premier League está sendo exibida no Brasil pela ESPN e pela Fox Sports.

Imagem de Eva Carneiro: AFP