No início da madrugada desta quarta-feira, a rádio espanhola Cadena SER informou que Real Madrid e Atlético de Madrid sofrerão punição similar àquela já imposta ao Barcelona neste ano de 2015. A penalização será imputada pela FIFA, devido a irregularidades na manutenção de atletas menores de idade, por parte de Real Madrid e Atlético.

A irregularidade encontrada nos registros dos atletas de merengues e colchoneros, é similar à constatada no fim de 2014 em relação aos jogadores das canteras do Barcelona. A mesma fere o Estatuto de Transferência de Jogadores menores de idade da FIFA. O Barcelona já cumpre a punição que o proíbe de contratar quaisquer atletas durante este ano de 2015.

“El Madrid” e “Atleti” deverão estar proibidos de adquirir jogadores durante a segunda metade de 2015 e primeiro semestre de 2016. Ou seja, um ano sem atuar no mercado de transferências como contratantes. Tanto blancos quando rojiblancos, ainda não foram notificados oficialmente da punição. A FIFA por enquanto, notificou apenas a Real Federação Espanhola de Futebol.

Segundo frisou o periódico espanhol El País, o artigo 19 do Estatuto de Transferência de Jogadores determina obrigatoriamente que um atleta precisa atingir a maioridade de 18 anos, para poder atuar em país diferente de sua origem. Os jogadores com menos de 18 anos só podem se mudar para outro país, caso os progenitores se mudem por motivos que não futebolísticos.

Há ainda uma ressalva podendo haver transferência quando o atleta menor de idade é oriundo da própria União Europeia, desde que fixe residência a menos de 100 km do clube contratante. O problema do Real Madrid se dá em nome de quatro meninos de 12 anos já pertencentes às suas divisões de base.

O problema do Atlético de Madrid foi detectado em meio a um projeto educativo conjunto com Valencia e Villarreal, o qual promove intercâmbio de jovens jogadores chineses que vão à Espanha aprender futebol nas escolinhas dos clubes locais. Segundo o El País, o presidente da federação espanhola Angél Maria Villar tentou dissuadir o presidente da FIFA Joseph Blatter dos intentos, porém sem sucesso.

O El País ainda ressaltou a pressa do Real Madrid em acertar contratações antes da oficialização da penalização. Os blancos já gastaram 52 milhões de Euros antes da atual temporada se encerrar, em reforços que se apresentarão para a temporada 2015/2016. Entre eles o norueguês Odegaard de 16 anos, que já treina no clube tendo custado 2 milhões de Euros. E o lateral brasileiro Danilo ainda no FC Porto, por quem o clube pagará 31 milhões de Euros.

O periódico espanhol ainda confirmou que o presidente blanco Florentino Pérez tenta fechar a contratação do goleiro espanhol David De Gea, atualmente no Manchester United, antes da confirmação oficial da punição.

Foto de Florentino Pérez (a esquerda) na apresentação do volante brasileiro Lucas Silva em janeiro: Emilio Naranjo – EFE