Neste último sábado o Real Madrid bateu o Málaga por 3×1 no Santiago Bernabéu, mantendo-se na cola do líder Barcelona, à frente da tabela de La Liga. Os blancos vice-líderes ostentam 76 pontos, contra 78 dos culés que venceram o Valencia, na mesma rodada de La Liga. O encontro dos merengues com o Málaga porém resultou em algo desastroso.

O meia-atacante galês Gareth Bale saiu com apenas três minutos de partida, tendo sofrido um estiramento no músculo de uma das panturrilhas. O centro-campista Luka Modrić por sua vez, saiu no segundo tempo após ter sentido um problema possivelmente no ligamento do joelho direito. O croata retornou a campo em março após quatro meses parado devido a uma lesão de tendão.

Bale e Modrić estão vetados para o próximo compromisso do Real Madrid, o derby de volta das quartas de final da Champions League contra o Atlético de Madrid. O jogo acontece na quarta-feira. O drama do técnico Carlo Ancelotti nos seis primeiros confrontos contra o “Atléti” disputados nesta temporada, foi não ter a disposição todos os seus titulares ideais. A situação volta a acontecer num momento indesejável.

Desde o início da atual temporada, Carletto verteu o desenho tático blanco para o 4-3-3 que com ou sem os titulares absolutos, simplesmente não funcionou em nenhuma ocasião contra o Atlético de Madrid. O mesmo desenho só é efetivo com Kroos, Modrić e James Rodriguez.

No início desta temporada, Bale sofreu problemas musculares e o 4-3-3 com Isco no lugar do galês teve bons desempenhos, no fim do semestre passado. A formação com Isco foi inclusive exageradamente incensada pela imprensa espanhola.

Na coletiva após a partida contra o Málaga, Ancelotti tentou minimizar os problemas mas o periódico espanhol El País descreveu a expressão facial do treinador italiano enquanto a de um “náufrago em mar aberto”. No decorrer da semana que se encerrou, Carletto também elogiou publicamente o retorno e a importancia de Modrić, que pode ficar de cinco a seis semanas fora de ação. A temporada está praticamente encerrada para o croata.

Ainda não há confirmação de uma ruptura na panturrilha de Bale que pode ser constatada entre 24 ou 48 horas após. O atleta deve ser submetido a um exame de ressonância magnética. O El País ressaltou que Bale jogou 24 partidas seguidas desde novembro passado, tendo sido obrigado a se poupar no fim de semana anterior à partida contra o Málaga. Bale atuou 3648 minutos nesta temporada, anotou 17 gols e proporcionou 10 assistências aos companheiros.

Além destes problemas mais graves, Ancelotti não terá o lateral esquerdo Marcelo contra o Atlético. O brasileiro cumpre suspensão automática. Benzema, poupado contra o Málaga deve ser relacionado normalmente. Isco deve voltar a ocupar o espaço de Bale, mas Modrić não tem substitutos a altura. Disputam o preenchimento de sua lacuna Illarramendi, Lucas Silva e Khedira.

Após o 0x0 na partida de ida, o Atlético pode se classificar com vitória simples ou empate com gols.

Foto de Modrić saindo de campo na partida contra o Málaga: Andrea Comas – Reuters.