Em meio à necessidade do Real Madrid precisar buscar 10 vitórias nas últimas 10 rodadas da atual edição de La Liga, a quatro pontos do líder Barcelona, o periódico espanhol El País resgatou o feito do treinador italiano Fabio Capello, na temporada 2006/2007. A doze rodadas do fim, os merengues se viam cinco pontos atrás do líder Barcelona e acabaram levando o trigésimo título espanhol para o Santiago Bernabéu.

Os paralelos são vários começando pelo fato tanto de Capello, quanto do atual treinador Carlo Ancelotti, serem italianos e terem êxitos expressivos à frente do italiano Milan. A última temporada de Ancelotti como meio-campista do próprio Milan em 1991/1992, foi a primeira de Capello como treinador rossonero, a substituir Arrigo Sacchi. Capello e Ancelotti também atuaram como atletas pelo Milan.

Capello treinou o Real Madrid em duas oportunidades, na temporada 1996/1997 e na temporada 2006/2007. Nesta última os blancos tinham atletas como Ruud Van Nistelrooy, Raul, Cassano, Robinho, Fabio Cannavaro além de David Beckham e Roberto Carlos ainda atuando em alto nível. A doze rodadas do desfecho, aquele Real Madrid conseguiu somar 31 pontos em 36 possíveis.

Na Espanha se recordam desta reta final da temporada 2006/2007 como “a liga do infarto” dada a imprevisibilidade. Capello por sua vez afirmou na época que nunca acreditou que “tinha aquela liga nas mãos”. O rival e adversário direto Barcelona já sucumbia a problemas internos que culminariam no fim dos ciclos de Ronaldinho Gaúcho e Deco. Quando a temporada 2006/2007 começou, o time culé era o atual campeão da Champions League. Dos 36 pontos possíveis a doze rodadas do fim da liga espanhola naquela oportunidade, os blaugrena obtiveram apenas 26.

O El País destacou que Casillas, Sérgio Ramos e Marcelo ainda no elenco blanco, já faziam parte do plantel merengue, tendo sido campeões naquela oportunidade. Por outro lado, o atual treinador Carlo Ancelotti afirmou que ninguém no elenco, nem na comissão técnica se apegam de forma cabalística ao feito daquela temporada.

O periódico espanhol também fez um levantamento confirmando que nenhuma equipe conseguiu obter 30 pontos nas últimas dez partidas, nas últimas dez edições de La Liga. Nem o Real Madrid de José Mourinho que chegou a 100 pontos na vitoriosa temporada 2011/2012. Na últimas dez rodadas, os blancos comandados por Mou obtiveram apenas 26 pontos em 30 possíveis.

Como diria Cassiano Gobbet, editor chefe deste 90 Minutos: “coisas de Fabio Capello”.

Foto de Capello, Roberto Carlos e do lateral brasileiro Cicinho (ex-São Paulo, Roma) comemorando após partida contra o Mallorca na última rodada de La Liga 2006/2007: EFE