Pressão sobre a Fifa Nostra

O cerco ao aparato criminoso montado na Fifa vai apertando. Sei, trata-se um pouco da minha vontade de que um dia eu pudesse ver Joseph Blatter entrando com um recurso para pedir sua saída da cadeia, mas é fato que na venda das franquias da Copa do Mundo, não só a Fifa parece ter ido longe demais, mas também há a impressão de que eles fizeram os inimigos errados. Quando um ministro britânico pede intervenção na Fifa é sinal de que definitivamente algo mudou na ordem dos trilhos.

Não sou eu quem vai argumentar que a Football Association tem um retrato de Gandhi em sua sede em Soho Square, nem que tem o lama Gangchen Rinpoche como consultor espiritual. Os britânicos não mantiveram o mundo sob o jugo do totalitarismo por quatro séculos em função dos versos de Shakespeare. De qualquer modo, eles se sentem incomodados em conviver com os vértices da Nova Ordem Mundial de Corrupção, a dos sheikhs corruptos que exploram petróleo no Oriente Médio e constroem Everests de dinheiro em Nova York, dos mafiosos russos que vendem armas, gente e jogadores de futebol na América do Sul e dos cartolas mesozoicos que mantém contas corruptas de dinheiro melado de sangue através de sua corte.

Os grandes escândalos sempre surgem quando alguém de dentro do esquema se rebela – traindo ou sendo traído. Blatter e o cartola qatariano que quer tirá-lo da Fifa convivem há décadas no dreno do poder e com ele, foram deixando inimigos pelo caminho. Os ingleses, que se deram à humilhação de envolver o Príncipe William na fracassada candidatura britânica, são um deles. É hora de torcer para que o circo se incendeie, e que os únicos que escapem ilesos sejam os que sempre fazem o papel de palhaço: os torcedores do mundo todo.

 

Anteriores

Levem a Copa daqui

Próximo

Analisando um evento celestial

4 Comments

  1. Diogo Terra

    Blatter está arrumando inimigos à toa: Bin Hamman, Warner… Daqui a pouco pode-se orquestrar sua queda. A não ser que as vozes dissidentes sejam – como pode ser o caso – caladas por vagões cheios de notas de £100.

  2. Boni dos Santos

    uma Comissão de ética escolhida e elaborada pela própria FIFA, seria como se eu escolhesse o júri do meu próprio julgamento rsrs

  3. Gregorio

    Só sei que ainda nada sei, ou seja, vem mais sujeira aí! 😉

  4. Alexandre Rodrigues Alves

    1-Havelange pelo menos foi mais esperto que o Blatter pois escapou ileso qdo foi presidente; 2-A Inglaterra está reclamando pois perdeu a sede da Copa.3-Comissão de etica da FIFA é igual a ministério da marinha da Bolivia

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top