Proctógenes

Do blog do Juca, uma nota sobre o corajoso deputado Protógenes Queiroz, que na eleição passada, ganhou mandato graças à imbecilidade de quem votou num palhaço para deputado.

Não, o “Proc” não é palhaço.

Não sou petista, mas não consigo compreender como o PT conseguiu se aliar a esse tipo de gente. Hoje, se o Renan Calheiros se disser “de esquerda”, passa a ter os atributos necessários para compor o governo.

Discurso do ínclito deputado, do PCdoB, delegado Protógenes Queiroz, ontem na Câmara dos Deputados:

“… não posso deixar ausente os agradecimentos a esses grandes brasileiros que desempenharam papel importante a trazer esses dois eventos para o Brasil (Copa e Olimpíada), que é o presidente de honra da Fifa, doutor João Havelange, e nosso presidente, Joseph Blatter – e por que falo nosso presidente?

Porque pertenço à comissão de segurança de estádios da Fifa.

Ao nosso presidente da Confederação Brasileira de Futebol, incansável lutador e abnegado pelas causas do futebol brasileiro, doutor Ricardo Teixeira, que enfrentou desafios do futebol internacional.

E não posso deixar de lembrar o desempenho do nosso presidente da Federação Paulista de Futebol, doutor Marco Paulo Del Nero. Homens esses que têm profunda identificação com o futebol brasileiro; homens esses que dedicam as suas vidas para que façamos um bom evento aqui no Brasil.”

 

Anteriores

Do Blog do Paulinho

Próximo

Refém

3 Comments

  1. Jean Sousa

    Pelo menos ele já externou a quais interesses ele serve. Gostava mais do PC do B quando eles eram stalinistas e alinhados com o regime da Albânia. Bons tempos…

  2. Boni dos Santos

    Discurso meramente politico e arrastado. Lixo elevado ao quadrado.

  3. Edivan

    Não se pode negar que tenham “profunda identificação com o futebol brasileiro”, afinal de contas nos bastidores do futebol brasileiro sempre rolou falcatruas, desrespeito com o próximo, feudos, imbecis, analfabetos, incompetentes, brigas de egos, traições, dentre outras coisas que as vezes nos fazem sentir vergonha. Porque essa frase com certeza não se aplica ao futebol jogado dentro de campo. Abraços.

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top