Segunda-feira, Tolerância Zero: Racha no Clube dos 13

A entrevista de Fabio Koff à Folha não deixa dúvidas sobre o que acontece no racha do Clube dos 13. O futebol brasileiro está regredindo, pelo menos, 25 anos em questão de semanas.
Tirando Flamengo e Corinthians, que de fato podem ganhar mais se venderem os seus direitos de transmissão separadamente, todos os outros clubes correm, com sua inorância pingando debaixo de seus braços, rumo a uma parede. Em TODOS os países do mundo, a negociação em bloco defendeu mais os interesses dos clubes de torcidas menores – Botafogo, Fluminense, Vasco, Coritiba, Cruzeiro e Grêmio, no caso brasileiro. Se você torce para algum desses times, aguarde porque se as contas do seu clube estão apertadas, é porque você não imagina como elas vão ficar. As finanças do Elman FC vão parecer um Manchester United.

Anteriores

Segunda-feira, Tolerância Zero: Título do Flamengo

Próximo

Segunda-feira, Tolerância Zero: Conta da Copa do Mundo

9 Comments

  1. Cassiano Gobbet

    Você há de convir que os caras ao menos são inventivos em bolar tal alegação. 🙂

  2. Diogo Terra

    Cassiano, descolei o maxilar de tanto rir:

    http://esportes.terra.com.br/futebol/noticias/0,,OI4968961-EI1832,00-Globo+diz+que+rompeu+com+Clube+dos+por+respeito+ao+torcedor.html

  3. Gilson

    “Tirando Flamengo e Corinthians, que de fato podem ganhar mais se venderem os seus direitos de transmissão separadamente, todos os outros clubes correm, com sua inorância pingando debaixo de seus braços, rumo a uma parede.”

    Um calouro em um curso razoável de Administração consegue enxergar claramente esse quadro. Ou os cartolas são burros – coisa que não acredito! – ou existe algo mais nessa equação que ainda não apareceu. Algo como um futuro perdão de parte das dívidas dos clubes com a União, dinheiro público para bancar reformas em estádios particulares etc.

  4. Rafael Borges

    O pior de toda essa história é ver a postura sem vergonha do Corinthians, do Flamengo e dos outros grandes do Rio. Patrícia Amorim, política que é, chegou a chamar Ricardo Teixeira de ladrão no final do ano passado, hoje estão em lua de mel. Com a concorrência, o clube dos 13 se fortaleceria, mas não… Quando a CBF/Globo estalaram os dedos, resolveram simplesmente implodir a entidade.

    Como dizia Telê Santana: “O futebol não é coisa para gente séria”. As vezes eu gostaria de me importar menos com essa droga…

  5. Cassiano Gobbet

    Não. A CBF está dando um golpe de estado com o apoio de um monte de interessados. Abs

  6. Cassiano Gobbet

    Não acho o Fabio Koff moderno nem um primor de cartola, mas comparado com Ricardo Teixeira, é um estadista filantropo. A CBF é um feudo de Teixeira, com o apoio criminoso de quem deveria zelar pela lisura dos processos e com os aproveitadores que ganham dinheiro no mesmo distribuindo suas cotas de corrupção. abs

  7. Raphael

    Mesmo Flamengo e Corinthians que podem ganhar mais, sonham com valores abissais para a realidade brasileira.

    Na minha opinião, quando a poeira baixar, eles todos vão se acertar, e tudo vai continuar na mesma.

  8. arih

    No andar da carruagem, realmente, Coritiba, Atletico Paranaense, Vitoria, Bahia, Guarany e Goias não tem como se sair bem nesta negociacao. Muito menos os demais que não fazem parte do Clube dos 13 e estarao na serie A em 2011. Os da serie B já sentiram o gosto do que e ser administrado pela CBF. Acabaram (RT) com o FBA e hoje eles ganham uma ninharia ate 2016. Não possuem poder de barganha para ganharem o que pensam e querem, trabalhando em separado. Assim, onde chegaremos com negociacoes em separado? O modelo espanhol nos da uma aula do que podera ocorrer por aqui. Barcelona e Real Madrid ganham rios de dinheiro e se armam adequadamente para as disputas de titulos nacionais e internacionais. Aos demais cabe, unica e exclusivamente, serem figurantes. Fora a dupla espanhola, quem ganhou titulos nacionais e internacionais nos ultimos 20 anos, na Espanha? La, a diferenca e tao gritante que para o ano de 2012 eles irao adotar o modelo atual do Clube dos 13. Sera que este Clube tem importancia? Se voce me disser que o Clube so negocia cotas, posso te dizer que e alem disso. Dentre muitas razoes, voce já imaginou a CBF e Ricardo Teixeira livres para fazerem o que bem entenderem sem o freio chamado Clube dos 13? Se Koff ate hoje não fez uma Liga ou mais pelo futebol brasileiro foi porque ele preside por representacao dos clubes associados e, estes tremem no enfrentamento direto contra a CBF, portanto, esta “amarrado”. Mesmo assim, ele foi eleito estes anos todos por quem? Os proprios clubes o consideram eficiente e o elegeram. So não fez mais pelo Brasil varonil porque não deixaram, os clubes não quiseram ir alem, os clubes não quiseram a Liga. Imagine se em lugar do nefasto Teixeira tivessemos Fabio Koff. Todo o futebol brasileiro, em todas as suas categorias e niveis sairiam valorizados. Um de seus projetos era justamente beneficiar um maior numero de clubes, inclusive estava em curso a possibilidade de se chamar outros que atualmente não fazem parte a tomarem cadeira cativa. Mesmo assim, alguns clubes ganham mais que outros. Na negociacao em separado, so Corinthians e Flamengo se beneficiarao. Os outros podem espernear o quanto quiserem, não irao se aproximar do que desejam. Sera que o que anda pelo subterraneo do futebol e tao forte assim que os nossos dirigentes não enxergam algo tao obvio?

  9. Em ambos os casos de tolerancia zero…uma constatação ainda pior…SAUDADES DO GRANDE CHICO MILANI!!!
    Abs!

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top