Parece que acabou

Não sei não, mas acho que acabou. O dedo médio apontado para a torcida representa mais do que a irritação pela derrota diante de um jogo que significa tanto quanto a divisão de zero por um. Ronaldo está farto da vida de jogador. Isso não é novidade. Só que agora, ele sabe que sua chance de ir à Copa também é igual à divisão de zero por um.Ronaldo mostra o dedoO comportamento de Andres Sanches no Senado é sintomático. Ele é um dirigente que viveu de marketing até aqui e capitalizou muito mais do que realmente fez. Tem Ronaldo, claro, mas o atacante também é um golpe de marketing. Além disso, Sanches não diminuiu a dívida do Timão, não refez divisões de base nem deu ao Corinthians um estádio ou um CT, coisas que ele promete desde o tempo em que era um fiel escudeiro de Alberto Dualibi. Sanches faz fanfarronices quando o Corinthians precisa ficar livre das atenções. E esse é um momento do tipo.

Com Ronaldo desmotivado, o Corinthians joga com dez. Desses dez, Roberto Carlos é o talentoso, ainda que veterano, Dentinho e Defederico são jogadores com potencial e o resto ocupa a faixa da suficiência. Muito pouco para os sonhos megalômanos do Corinthians de Andres Sanches. Com Ronaldo querendo jogar, bem aí é outra estória.

O ponto é que o atacante carioca é o Corinthians hoje. Maior que o Corinthians. Se ele não estiver bem, o time não está bem. Se Ronaldo voa, o time voa. A Libertadores é a praça capaz de fazer o “Gordo” se sentir motivado de novo, mas é difícil imaginar que algém que já esteve no topo do topo possa se motivar com um torneio, por mais importante que ele seja. Como eu já disse, Ronaldo por jogar mais três ou quatro anos se recuperar seu peso e determinação, ainda que longe de seu melhor e jogando numa posição diversa. Com a forma física atual e desanimado, ele é só um garoto-propaganda para o Corinthians. E um peso em campo. Aqui sim, cabe a palavra – literalmente.

Anteriores

Prova de força – mesmo

Próximo

As melhores contratações da temporada, testadas pelo campo

3 Comments

  1. Ramon

    é impressão minha, ou a Globo fica tentando diminuir o fato. Por exemplo: “Luxemburgo, Romário e outros craques que já fizeram gestos obscenos”. Isso pode, mas posar na foto com uma arma, isso, AH, não pode! Vai entender… (to de brincadeira, exceto pelo comentário sobre a Globo).

  2. Ramon

    Meu carro não tem ar-condicionado.

  3. Raphael

    acho que ele já encheu o saco do futebol de fato, não tá fazendo o minimo esforço para ter o minimo de condição fisica, vai ficar como uma figura decorativa, com grande poder de decisão quando quer… o que vai afetar bastante a equipe, dentro e fora de campo.

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top