Tag: Quinta Feira

O marketing boquirroto da quermesse vespertina

O patético episódio do jogo do Corinthians na tarde desta quinta-feira é representativo da “nova” gerência corintiana. Andres Sanches, presidente do clube, em todas as entrevistas ou comentários que dá, posa de moderno, de revolucionário, assume uma postura de baluarte da justiça que tirou o clube das garras de um dirigente quase senil. Ele raramente fala do fato de ter participado ativamente da gestão anterior, tendo abandonado o navio só em seus últimos suspiros.

Ler mais

Celso Roth não caiu, mas caiu

Da Gazeta Esportiva

“No treino da última quarta-feira, após um erro de posicionamento, o meia Douglas Costa foi duramente criticado por Celso Roth, que praticamente o humilhou na frente dos colegas doclube. Devido à repercussão que o fato tomou, o treinador quebrou o protocolo, e concedeu uma entrevista coletiva nesta quinta-feira, dia de jogo, com o intuito de se explicar.

“A partir de agora, os treinos do Grêmio serão feitos a portões fechados. Segundo André Krieger, dirigente do clube, a medida é para que “a intimidade do clube não seja devassada”. Celso Roth também será advertido pela diretoria do clube por sua ação na atividade da última quarta-feira.

“Às vezes, um técnico assume o papel de pai com os jogadores. Mas isso não justifica os termos que foram usados”, finalizou Krieger”.

Celso Roth não caiu, mas não me lembro de uma chamada de atenção a um treinador como essa sem que o mesmo rodasse depois.

Roth merecia um estudo antropológico. Por que os torcedores e imprensa o odeiam mesmo quando ele está indo bem?

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top