O Monaco abriu a rodada 28 da Ligue 1 francesa ainda na última sexta-feira, recebendo o Bordeaux, em confronto tradicional realizado no Principado de Monaco. A equipe monagesca saiu perdendo mas conseguiu obter vitória de virada por 2×1.

O destaque acabou sendo o meia luso-brasileiro Rony Lopes, que anotou o gol da vitória, elencando marca significativa de quatro gols em três partidas consecutivas da Ligue 1. O atleta tem apenas 22 anos, tendo sido alçado ao time principal do Monaco pelo técnico Leonardo Jardim, no início desta temporada.

Nascido em Belém (PA), Rony Lopes contabiliza 38 partidas nesta temporada 17/18. Anotou 9 gols e acumula 12 assistências (computo total). Rony pertenceu às categorias de base do Benfica (Portugal) e Manchester City (Inglaterra).

Foi emprestado pelo City ao francês Lille em 2014, sendo que o próprio Monaco o adquiriu em 2015 por 12 milhões de euros. Na temporada 16/17 Rony foi emprestado pelo Monaco ao citado Lille, por uma temporada. O atleta integrou todas as categorias de base da seleção de Portugal, estreando pela principal em novembro último.

Rony Lopes é frequentemente utilizado pelos flancos como meia-atacante, seja num 4-2-3-1, 4-3-3 ou 3-4-3. Pode ser um segundo atacante aberto. No gol anotado contra o Bordeaux, Rony estava à direita, porém dentro da área como um segundo atacante.

Problemas defensivos

Sem o polonês Kamil Glik suspenso por cartões acumulados, Leonardo Jardim voltou a alinhar a equipe em 4-4-2/4-2-3-1 com dois defensores de área (Raggi/Jemerson). Alinhamento inicial teve Subasic, Sidibé, Raggi, Jemerson e Jorge. Fabinho, Moutinho, Ghezzal, Lemar e Rony Lopes. Jovetić.

O sistema defensivo mostrou oscilação, com o gol do Bordeaux sendo anotado por Vada no minuto 32. A jogada girondina transcorreu pelo flanco direito de seu campo. Vada surgiu livre pela direita da defesa monagesca, num vão entre Sidibé e Raggi ocasionado pela não utilização de um volante de contenção centralizado.

Jardim no entanto insistiu nas características da sua equipe, vistas desde a temporada passada: menos posse de bola e muitas finalizações. A equipe de fato entregou a posse ao adversário buscando saída em contra-ataques (posse total monagesca 48%).

O alto número de finalizações voltou a se revelar, sobretudo pela presença de Thomas Lemar, principal municiador do ataque. O Monaco foi eficiente porque finalizou muito mais (18 contra 6, cinco em gol contra apenas uma do Bordeaux – dados L’Équipe).

O gol de empate saiu no último minuto da primeira etapa, após enfiada de bola rasteira de Lemar para Jovetić, que conferiu. O gol da virada anotado por Rony Lopes surgiu no minuto 69.

O resultado deixou o Monaco em tranquila vice-liderança com 60 pontos, 4 a mais que o terceiro colocado Olympique Marselha. Porém o time monagesco por sua vez, se vê 14 pontos atrás do líder PSG. O Bordeaux é o nono colocado (36 pontos).

Sortie de but

– O Olympique Marselha empatou em 1×1 com o Nantes dentro do Vélodrome de Marselha no domingo. O OM sofreu o gol logo no início e obteve empate com Thauvin, nos acréscimos da segunda etapa. O resultado não foi bom, mas a equipe parece não ter “despirocado” após dois le classiques perdidos para o PSG (Ligue 1/Coupe de France).

– A partida entre Marselha 1×1 Nantes foi marcada por erros de arbitragem. Viu-se pelo menos quatro lances duvidosos de pênalti a favor do OM, dos quais dois teriam sido legítimos se anotados.

– Também no domingo o Lyon visitou o Montpellier e apenas empatou (1×1), em sua segunda partida (de 10 dias previstos) sem o lesionado capitão Nabil Fekir. O Lyon vinha de eliminação para o Caen na Coupe de France, no decorrer da semana passada.

– Na quarta colocação com 51 pontos, o Lyon vê 10 pontos de distância para o quinto colocado (Rennes). Índice para disputas de competições europeias 18/19 com certeza haverá para os lioneses, que por outro lado, mostram pouca ambição. Sem Fekir não é exagero afirmar que a temporada do Lyon está por um fio.

– Marselha e Lyon retornam a campo na próxima quinta-feira nos jogos de ida das oitavas de final da Europa League. O OM enfrentará o basco Athletic Bilbao (Espanha) e o Lyon terá o russo CSKA Moskow pela frente.

Veja os melhores momentos de Monaco 2×1 Bordeaux

Imagem de Rony Lopes: L’Équipe