O Real Madrid visita o Eibar neste sábado pela décima segunda rodada de La Liga espanhola. Os blancos tentam defender a liderança na tabela com 27 pontos, dois a mais que o vice-líder e rival Barcelona. A grande ausência será a do meia croata Luka Modrić, que se lesionou atuando por sua seleção em partida contra a Itália, na último domingo.

O jogo valia pelas eliminatórias da EURO 2016 e a lesão afasta Modrić dos gramados por três meses, rompendo sua boa sequência em início de temporada pelo Real Madrid. O alemão Sami Khedira, cogitado para deixar o clube merengue acabou ganhando uma inesperada oportunidade.

Khedira teve uma participação preponderante na equipe blanca, campeã da Champions League na última temporada. Porém, uma contusão sofrida pelo meia em amistoso pela seleção alemã, há praticamente um ano tirou-o de campo e ameaçou-o inclusive de não atuar no Mundial em que o Nationalelf acabou tetracampeão. Khedira voltou às pressas e jogou pelo Real Madrid na final da CL, onde atuou por quase 60 minutos preenchendo a lacuna do então suspenso e indispensável, Xabi Alonso.

O volante alemão seguiu incluso nos planos de Joachin Löw que o trouxe ao Brasil com a seleção germânica. Khedira marcou um dos sete gols alemães sobre o Brasil, na semifinal mas acabou vetado em teste físico pouco antes da partida final, vencida pelos alemães sobre a Argentina. Com a atual temporada se iniciando, Khedira precisava re-condicionar seu físico para disputar a posição num concorrido meio-campo blanco, que passou a ter também James Rodriguez e Toni Kroos.

A ausência de Modrić, pode mudar drásticamente o meio-campo “sem volantes” de Carlo Ancelotti, o qual vinha funcionando muito bem, tendo Kroos, Isco e James junto ao croata. Khedira é um volante de maior disposição física e capacidade de saída em velocidade. O alemão proporciona maior mobilidade ao setor, que sem Modrić terá diminuída a capacidade de retenção da posse de bola.

A imprensa espanhola contabiliza a situação enquanto causa da terceira mudança no setor, a ser feita por Ancelotti. A primeira foi a ocasionada pelas saídas de Alonso e Di Maria, antes da temporada começar. E a segunda quando Isco surgiu no meio-campo com destaque, devido a uma lesão de Gareth Bale. O periódico espanhol El País, frisou as palavras de Carletto, que por sua vez afirmou que Khedira joga se estiver em totais condições físicas. Sem o alemão, Isco segue no time, recuado e exatamente no lugar de Modrić.

“Isco não terá problemas para atuar nesta posição. Pode trabalhar como meio-campista. Tem qualidade com a bola nos pés e ocupa uma posição correta para cobrir o espaço junto aos centrais. Cada um pode trabalhar com suas caracteristicas. Isco com um perfil de qualidade de posse de bola. Khedira com um perfil físico de maor movimentação em campo. Cada um intepreta a posição a sua maneira. Não peço outra coisa”, disse Ancelotti.

Eibar x Real Madrid acontece às 15 hr (horário de Brasília) deste sábado. No Brasil a liga espanhola está sendo transmitida pela ESPN.

Foto de Ancelotti e Khedira em treino: Javier Lizón (EFE).