De besta a bestial

Até sábado a tarde, Adilson era um gênio e o Corinthians, favorito à Libertadores e Brasileiro. Ontem virou anta. Amanha, vencerá o Zé Cadela FC e voltará a ser páreo para o Barcelona. Será que ninguém se toca?

Anteriores

Liverpool vive dilema de novo estádio

Próximo

Makelele apanha de ex e dá queixa

7 Comments

  1. Cassiano Gobbet

    O Mario Gobbi declarou em 2009: “meu último dia no Corinthians é o último dia do clube na Libertadores 2010”; isso, mais charutos, bebida, ex-boleiros internediando jogadores (e alguns até com vaga na imprensa) e treinamentos dignos de Spa do Jô Soares explicam bem mais do que qualquer outra coisa.

  2. Cassiano Gobbet

    Cuca gênio. Quem diria que ouviríamos isso, hein? O mesmo Cuca do Botafogo no Monumental…

  3. Cassiano Gobbet

    Verdade. Mas o público gosta disso e por isso tem quem faça. às antas, o quer as antas comem. A regra é essa. Ou seja: se vc não quer ser tratado como otário, não deixe que o façam. abs

  4. HAHAHAHAHAHAHAHAH…Zé Cadela FC!
    essa foi a melhor do meu feriado que incluiu o fato de terem roubado meu celular e 40 reais da minha carteira!

  5. Felipe dos Santos Souza

    Ainda se o Corinthians estivesse fazendo a campanha de um Grêmio Prudente, seria compreensível a demissão.

    Mas fala-se de um time que, apesar dos pesares, ainda é o terceiro colocado do Campeonato Brasileiro.

    Daí é que se vê como os cartolas brasileiros ainda são esquizofrênicos e tomam decisões de acordo com as conveniências.

    E a torcida, ingênua (quer dizer, só uma parte dela é ingênua, porque a outra parte não é nem um pouco ingênua, muito ao contrário), ainda acha que o Andrés é honesto, que está levando o Corinthians para o caminho da organização…

  6. É por essas e outras que eu não gosto de analisar uma sequência curta de resultados, preferindo o médio prazo. Infelizmente, isso parece algo impossível para o atual estágio evolutivo da crítica e cartolagem brasileira.
    Para esses, hoje Adílson é burro e Cuca é gênio. Daqui a alguns dias, a história se inverte. Pobre de quem pauta sua opinião em cima dessa gente.

  7. Rafael Borges

    Com todo respeito Cassiano, até porque você não faz parte deste grupo de jornalistas, mas isso só acontece por que a mídia dá corda e a mídia só dá corda porque tem gente que gosta de viver no mundo da lua… Afinal, o que importa é a audiência, que dá mais respaldo ao programa continuar a fazer esse tipo de jornalismo.

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top