Eu sou simpatizante do Middlesborugh na Inglaterra. Sim, confesso. Quis o destino que eu tivesse um grande amigo lá e ele é fanático por futebol. Visitas à feia cidade ás margens do Tees me fizeram torcer pelo Boro, não obstante tenha sido lá que eu vi a pior partida de toda a minha vida (contra o Charlton Athletic).

O rebaixamento na Inglaterra está definido. O West Brom já está condenado. Boro e Newcastle se enfrentam neste final de semana e quem perder também estará, de uma vez por todas. O empate já sela os dois destinos de uma vez.

O Boro já está condenado porque, mesmo que vença duas das suas três últimas partidas (Newcastle, West Ham e Aston Villa), passando assim da média de 0.88 pontos por jogo (que detém neste campeonato) para 2 pontos por jogo (o que é muito improvável), precisa que Hull e Sunderland, os dois times mais próximos na tabela (com 35 e 34 pontos), diminuam a média de praticamente um ponto por jogo que apresentaram em todo o campeonato.

Para piorar (para o Middlesbrough), os calendários de Hull e Sunderland são muito mais simples. O Hull pega Bolton, Stoke e Manchester United (ok, uma pedreira). O Sunderland enfrenta Bolton, Portsmouth e Chelsea (outra pedreira). A diferença é que qualquer jogo é pedreira para o Middlesbrough é o único time na Inglaterra que tem 38 partidas muito difíceis.

A verdade é: se cair, merece. Porque certamente não há time NO MUNDO que jogue mais feio que o Middlesbrough e não caia.