Na semana passada, o vice-presidente do Corinthians, Antonio Roque Citadini, na ESPN Brasil, numa de suas argumentações, falava de como o futebol italiano é cheio de maracutaias e problemas, e para exemplificar, citou o escândalo das apostas ocorrido no ano passado, que penalizou vários clubes e jogadores neste ano. A tese de Citadini é a de que problemas ocorrem em todos os lugares, e que a Itália não tem menos problemas que o Brasil, no que diz respeito a irregularidades.

Ler mais