Um jornal italiano, na semana passada, trazia uma conclusão bastante razoável: acabou a “trégua” dada a Inter no ano seguinte a ‘Calciopoli’. O raciocínio era de que uma vez comprovado o prejuízo interista, os clubes grandes do país tinham baixado a guarda contra os ‘nerazzurri’, tanto no campo quanto na política e a trajetória interista tinha sido mais simples.

Ler mais