Seleção da temporada – Série A

Com o fim da temporada, já dá para avaliar quem é que foi mais determinante no campeonato. Aqui está a seleção da Série A 2010/2011, uma temporada emocionante, mas não a mais brilhante do nível técnico. No ano do MIlan campeão, não houve nenhum craque incontestável como foram Kaká e Sneijder em campeonatos anteriores, mas há esperanças, como Sanchez, por exemplo. Continue lendo “Seleção da temporada – Série A”

Rápidos comentários sobre a rodada da Série A

Além da escorregada da Udinese para fora da zona costumeira de qualificação da LC, nenhuma surpresa. Inter e MIlan fizeram o que se esperava, assim como Lazio, Roma e Napoli. Na vitória da Roma, talvez esteja um indiciativo de descendente da Udinese, algo que seria pertinente à forma física e mais do que aceitável diante do campeonato impressionante até aqui. E soam os alarmes para Parma e Sampdoria. Continue lendo “Rápidos comentários sobre a rodada da Série A”

De novo, a Udinese

Já falei aqui da surpresa que me causa a Udinese. Eu achava, antes da temporada começar, que a Udinese faria bem. Tem um bom elenco, o técnico Francesco Guidolin é o melhor intérprete do jogo italiano hoje e o time não tem pressão pelos melhores resultados. Mas a campanha é quase assombrosa. A quatro pontos da campeã Inter, a Udinese tem mais chances de chegar ao título do que Napoli ou Lazio. As razões? As apontadas antes – elenco, técnico e paz de espírito. Continue lendo “De novo, a Udinese”

Líder como nunca

Antes do campeonato se iniciar, já era possível vislumbrar uma Juventus com tração nas quatro rodas. A campeã manteve o grupo todo, fez alguns retoques e lapidou o meio-campo mais forte do mundo. Só que nem o juventino mais fanático poderia ter previsto um primeiro turno assim devastador. Continue lendo “Líder como nunca”

A Lenda

Não ter visto grandes heróis do futebol passado é uma frustração para qualquer um. Certamente não há quem não gostaria de poder ter visto Friedenreich, Leônidas, Pelé, Stanley Matthews, Uwe Seeler, Fritz Walter ou Jose Andrade. A lenda só ganha essa aura mítica depois que o jogador pendura a chuteira. Mas aí, já é tarde. Continue lendo “A Lenda”