Champions League: Shakhtar Donestk no exílio de Lviv.

Nesta quarta-feira, o ucraniano Shakhtar Donestk receberá o poderoso Real Madrid na Ucrânia, em partida válida pela fase de grupos da Champions League. Os times jogarão na Ucrânia sim, mas o Shakhtar se vê “exilado” Kiev, uma vez que sua cidade natal de Donestk, foi fustigada pelos conflitos entre ucranianos e russos, o qual se estende há meses. Continue lendo “Champions League: Shakhtar Donestk no exílio de Lviv.”

EURO 2016: 24 participantes confirmados.

Na última terça-feira, realizaram-se as duas últimas partidas de volta da repescagem das Eliminatórias da EURO 2016. O grande confronto dos quatro embates desta repescagem, com certeza foi o clássico escandinavo entre Dinamarca 2×2 Suécia, ocorrido na Parken Arena de Copenhague (Dinamarca). Os suecos avançam à EURO graças ao placar agregado de 4×3 e graças a Zlatan Ibrahimović. Continue lendo “EURO 2016: 24 participantes confirmados.”

Repescagem das Eliminatórias da EURO: a espera dos jogos de volta.

“Não posso imaginar uma Eurocopa sem mim.”
(Zlatan Ibrahimović)

Este fim de semana, atribulado pelos atentados terroristas em Paris (França), trouxe as partidas de ida da repescagem das Eliminatórias da EURO. As últimas quatro vagas do torneio, que será realizado em 2016 na França, estão em disputa entre oito seleções europeias. Continue lendo “Repescagem das Eliminatórias da EURO: a espera dos jogos de volta.”

Pesadelo!

Se procurasse formular em sua mente qual seria a pior partida de estréia possível para a Itália, dificilmente o técnico italiano, Roberto Donadoni, imaginaria um jogo tão devastador quanto o que foi obrigado a assistir em Berna nesta segunda-feira, diante da Holanda. Contra uma ‘Oranje’ devastadora, a ‘Azzurra’ caiu por 3 a 0 e deu graças a Deus por não levar mais. Continue lendo “Pesadelo!”

Vencer já não basta

Verdade: não dá para acusar assim, com muita convicção, a seleção italiana de estar em uma situação desesperadora. Afinal, a Itália é a segunda colocada do seu grupo e tem até um confronto direto com a Escócia para poder decidir a vaga. Tudo estaria bem, não fosse um problema: o futebol ralo e escasso dos campeões mundiais. Continue lendo “Vencer já não basta”