Mercado da Itália em janeiro – Parte III

Genoa

Frenético no mercado, o time lígure deve apostar em Paloschi para o comando de um ataque que n ao consegue amedrontar. O retorno de Konko é excelente. No Genoa, o francês era um dos melhores externos de meio-campo da Itália, antes de ir substituir Daniel Alves no Sevilla – e fracassar. Floro Flores é um homemd e referência, mas não sei até onde pode agregar em termos de crescimento. Boselli, idem. Continue lendo “Mercado da Itália em janeiro – Parte III”

Investindo na base

Talvez a Reggina não consiga emplacar o próximo campeonato na Série A, mas isso se deverá somente à penalização de 11 pontos que o time calabrês sofreu na esteira do escândalo de ‘Calciopoli’. Ainda assim, o clube ‘amaranto’ terá conquistado o respeito dos adversários, dado o futebol de qualidade que têm mostrado em todo o torneio. Continue lendo “Investindo na base”

Nem tudo é tragédia

Nas últimas semanas, na Itália, não foram poucos os que tiveram a forte sensação de que a Série A desta temporada não começaria na data. Pudera. A quantidade de acusações, recursos, denúncias, escândalos e afins foi industrial. Os que apreciam o ‘calcio’ em toda a sua magnitude lamentaram que um campeonato tão disputado e cheio de bons jogadores fosse comentado pelas suas falcatruas e ‘viradas de mesa’. Continue lendo “Nem tudo é tragédia”