Notas de mercado da Itália

A negociação de Ganso com o Milan está adiantada. Os empresários do jogador já apresentaram o valor pelo qual o meia pode sair do Santos e o clube italiano aceita os termos. A discussão agora é acerca do salário dele, do modo de recebimento das luvas e dos ganhos que cada um dos agentes envolvidos na negociação deve levar e suas respectivas formas de pagamento. A proposta do Milan deve ficar em torno dos €25 milhões. Os gerentes da carreira de Ganso têm firme intenção de pressionar o Santos a chegar no valor (no máximo, 20% a mais). A vantagem de negociar com o Milan seria evitar que o meia fizesse uma ponte em outro clube, o que deixaria o Peixe numa situação humilhante. As chances do meia ficar na Vila Belmiro após uma eventual saída da Libertadores são menores hoje do que nunca. Uma conquista santista na Libertadores, contudo, tem grandes chances de reverter o quadro e aumentar a permanência do meia. Contudo, vale lembrar que o negócio não está nem acertado nem fechado. Resta saber se o Santos aceitará fechar a venda por €25 milhões ou se correrá o risco de ver Ganso no Corinthians entre junho e dezembro e depois disso, ver o meia em Milão. Continue lendo “Notas de mercado da Itália”

Voltando do inferno

No dia da final da última Copa do Mundo, quando David Trezeguet mandou a bola por cima da trave de Buffon – seu companheiro de Juventus – na disputa de pênaltis, provavelmente já deveria pressentir que a sorte não lhe sorria. A temporada seguinte começaria marcada para ele e seria dura. Muito dura. Continue lendo “Voltando do inferno”

O rei de Parma

Depois da queda do império Parmalat, o Parma assistiu a uma grande mudança no seu elenco. Saíram de cena os jogadores de salários gigantes (alguns, craques como Buffon; outros, pífios como Djetou), e entraram no palco nomes modestos como Bolaño, Dessena e Cardone. O resultado é mais que óbvio: o clube trocou de lado na tabela. Continue lendo “O rei de Parma”