Observações sobre um jogaço

Foi uma partida como deveriam ser todas as de uma Liga dos Campeões – literalmente um confronto entre dois campeões. Não foi uma partida inteligente do ponto de vista tático, mas isso se pagou em termos de tensão e adrenalina. A Inter que passa às quartas de final passa com os méritos de uma garra mourinhiana e com a assinatura dos três jogadores do time com capacidade de mudar o rumo de um jogo do time – Eto’o, Sneijder e Pandev. Continue lendo “Observações sobre um jogaço”

Papelão do Milan ou retrato da Itália?

Há dois modos possíveis dos dirigentes italianos entenderem a derrota do MIlan para o Tottenham. A primeira é a tradicional – argumentar que isso é uma vergonha, que o Milan fez um papelão, que os ingleses provocaram, etc. A segunda é dar graças a Deus que a França, quinta colocada no ranking de países da Uefa, ainda está a uma diferença que permite aos italianos ter tempo para reorganizar seu futebol, cuja queda livre começou em 2006 e não teminou mais. Continue lendo “Papelão do Milan ou retrato da Itália?”

Por que é difícil Kaká chegar à Inter

A contratação de Leonardo pela Inter certamente não seria uma hipótese provável em junho passado, quando o próprio chegou a dizer que dificilmente comandaria um clube na Itália por causa de seu “amor” ao Milan. Mas uma eventual chegada de Kaká a Appiano Gentile, se não é difícil, desafia a lógica. Talvez a falta de respeito que os cartolas têm pela lógica seja o único fator que propulsiona um Kaká interista além da chegada de Leonardo. Continue lendo “Por que é difícil Kaká chegar à Inter”

Leonardo-Inter, uma aposta difícil de vencer

O que se murmurava há semanas se confirmou. Rafa Benitez, segundo o Guardian e a Sky inglesa, não é mais treinador da Inter. Na sede de Via Durini a diretoria está discutindo com o agente de Benitez o valor da rescisão, que deve ser oficializada nesta quinta. Tudo aponta para Leonardo como seu sucessor. Mais uma vez, Leonardo se apronta para entrar numa fria – assim como o foi quando assumiu um Milan sem Kaká e sem reforços. E para a própria Inter, a decisão não será a melhor e nem a menos pior. Continue lendo “Leonardo-Inter, uma aposta difícil de vencer”

Lá vem o Pato

Tá, vamos deixar para lá a ladainha de “fim da Era Pato” que tomou conta da mídia com a venda de Alexandre Pato para o Milan. Não dá para levar a sério quem quer dizer que um jogador com 27 jogos como profissional possa ter deixado uma marca na história de um clube da envergadura do Colorado, mesmo que ele tenha participado de uma conquista épica. A saída dele do Beira-Rio era certa, ainda que tenha sido apressada pelo modo ufanista como a mídia o tratou. Continue lendo “Lá vem o Pato”