Ligue 1: L’déséquilibré et le chasseur.

A Ligue 1 francesa teve a abertura da sua décima quarta rodada na última sexta-feira quando o Paris Saint-German visitou o Metz, cercado pela expectativa do retorno de Zlatan Ibrahimović. O técnico Laurent Blanc poupou alguns atletas como Lucas e Cavani (que entrou no segundo tempo), uma vez que há partidas da Champions League neste meio de semana. O PSG venceu o Metz por 3×2 e “dormiu líder”, passando momentaneamente o Olympique Marseille que jogaria neste domingo. Continue lendo “Ligue 1: L’déséquilibré et le chasseur.”

O Nationalelf de Löw: vencendo a Argentina

Na vitória por 1×0 contra a Argentina, pela final do Mundial 2014, a Alemanha mostrou ser o mesmo time que tomou sufoco no 2×2 contra Gâna, ainda na fase de grupos. E também o mesmo time que tinha dificuldade extrema em criar chances de gol contra Argélia, na partida das oitavas de final, também vencida na prorrogação. Joachim Löw teve problemas nos vestiários antes do aquecimento, com a confirmação da lesão de Sami Khedira. Continue lendo “O Nationalelf de Löw: vencendo a Argentina”