Corinthians foi usado na venda de Agüero

Rapidamente, um detalhe que me foi passado por um colega inglês: TODO o circo de uma compra de Tevez pelo Corinthians foi parte de um esquema para a venda de Agüero para o City, com o aval de Kia Joorabchian. Agüero queria forçar a saída do Atletico e Tevez aproveitou para conseguir mais uma venda. Entre hoje e amanhã, Tevez tem 90% de chances (segundo esse meu colega) de ser anunciado pela Inter de Milão, com quem o City está negociando no momento. O clube paulista foi usado pelo presidente Andres Sanches. Torcedor corintiano: depois de Riquelme, Zidane, Luis Fabiano, Lucas, Tevez, Trezeguet, Seedorf, pense bem quando Andres Sanches disser que Messi está a um passo do clube.

Um histórico da tensão milanesa

“Gattuso e Leonardo: cinco anos depois, o derby da vulgaridade, o jogo acaba empatado”. A definição do jornalista Luca Serafini, ex-diretor da Sky e hoje na Mediaset (declarado torcedor do Milan), me parece a mais adequada para o imbróglio envolvendo Gattuso e Leonardo, Inter e Milan, Moratti e Galliani, Curva Nord e Curva Sud. Nada disso aconteceria se não fosse Calciopoli. Continue lendo “Um histórico da tensão milanesa”

Fim da linha e reformulação à vista – se for tudo bem…

Esvaída a possibilidade de se manter campeã europeia, a Inter de Milão começou a ter um choque de realidade que já tínhamos sugerido aqui: o de uma reformulação. A entressafra que o time pode enfrentar nesta temporada faz a Inter considerar de fato a negociação de dois ou três medalhões e alguns encostos. A reforma acontecerá de qualquer jeito. Dependendo de como a Inter encerrar o campeonato, o número de saídas será maior ou menor. Continue lendo “Fim da linha e reformulação à vista – se for tudo bem…”

O redimensionamento do futebol italiano é para valer

Numa discussão com um colega em 2006, quando diante da descoberta do esquema do Calciocaos ele me disse que a Juventus deveria ser mais duramente punida, eu retruquei. “Do jeito que está [n. do r: rebaixamento para a segunda divisão], a Juve já levará 10 anos para se reerguer”. Creio, que metade do trajeto já passado, a previsão era acertada. Contudo, errei numa coisa: não era só a Juve a ser punida. O futebol italiano hoje é de segunda. Continue lendo “O redimensionamento do futebol italiano é para valer”