O Valdiviagate e Ronaldinho quase palestrino

Breves palavras: tudo que envolve Valdivia e Palmeiras está errado. Sua primeira passagem com status de craque, a invenção do infeliz apelido de “Mago” para um jogador nota 5,5, sua saída com status de craque, seu retorno milionário, sua indisposição de aceitar ser o coadjuvante que ele é, a condução de seu tratamento, suas lesões e as opiniões de diretores do Palmeiras que não têm condição de gerenciar uma barraca de pipocas. Tudo está errado. Continue lendo “O Valdiviagate e Ronaldinho quase palestrino”

Palaia, Tiririca e Brecht

“O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo”.

Bertolt Brecht, dramaturgo alemão Continue lendo “Palaia, Tiririca e Brecht”