Futebol italiano escoa para o esgoto enquanto contrata Cristiano Ronaldo

http://gty.im/949606040

Uma excelente matéria do Gentlemen Ultra da Sporte Network do Guardian fez uma feliz observação em relação ao momento do futebol italiano. A Juventus faz a contratação mais cara de sua história – o português Cristiano Ronaldo –  e a primeira de relevo para a Série A em uma década no mesmo momento em que clubes tradicionais do país anunciam suas falências, como Bari, Reggiana e Cesena. Uma lembrança me vêm à cabeça: na mítica série Game of Thrones, uma das cenas mais marcantes de Lord Varys, o eunuco lowborne que ganha relevo social graças a uma habilidade política extraordinária, descreve seu maior rival, Petyr Baelish, o Littlefinger: “Ele não teria pudores de destruir todo o reino, sem deixar pedra sobre pedra, desde que ele fosse o rei”. Qualquer semelhança com a Juventus (não) é mera coincidência. Continue lendo “Futebol italiano escoa para o esgoto enquanto contrata Cristiano Ronaldo”

Título disputado entre a Lombardia e a Toscana

Terminada uma semana na qual as estrelas milanesas foram as que mais deram o que falar, a Série A retorna neste sábado com a disputa pelo título passando por times bem mais modestos, mas que podem guardar sérios riscos para os postulantes ao “Tricolore”. Antes de chegarem à segunda-feira firmes na luta pelo título, Milan, Napoli e Inter têm de se ver com Fiorentina, Chievo e Bologna. Geograficamente, o título italiano terá uma importante rodada entre San Siro e o Renato Dall’Ara, passando pelo Franchi. Continue lendo “Título disputado entre a Lombardia e a Toscana”

Briga de foice

Um jornal italiano, na semana passada, trazia uma conclusão bastante razoável: acabou a “trégua” dada a Inter no ano seguinte a ‘Calciopoli’. O raciocínio era de que uma vez comprovado o prejuízo interista, os clubes grandes do país tinham baixado a guarda contra os ‘nerazzurri’, tanto no campo quanto na política e a trajetória interista tinha sido mais simples. Continue lendo “Briga de foice”

Tarefa inglória – Nicola Pozzi (2004)

A Itália enfrenta um problema sério. Com o desembarque dos melhores jogadores do mundo em seu campaonato, o país vê as suas maiores promessas relegadas a um segundo plano, e raramente, se desenvolverem. Apesar da Itália ter sido campeã européia Sub-21 em cinco das últimas sete edições, não consegue conquistar nenhum título com a seleção principal há 24 anos. Continue lendo “Tarefa inglória – Nicola Pozzi (2004)”