Poder de verdade têm de ser arrancado…

“Il Milan non spende poco. Il Milan spende male” (“O Milan não gasta pouco. O Milan gasta mal”). A análise de meia linha da Gazzetta é a a mais bem acabada definição de por que o clube se acostumou há anos com listas de reforços cheias de Bakayés Traoré, Dominic Adiyah, Oguchi Onyewus e similares. Tudo que você ouviu nas últimas semanas em termos de vaticínios sobre a saída ou não do eterno direttore generale Adriano Galliani é orelhada. Nada está definido. Como afirma o poster do filme “O Poderoso Chefão III“, poder de verdade não pode ser dado – precisa ser arrancado. No clube, tem lugar a maior batalha política desde a compra do clube pelo cleptopolítico Silvio Berlusconi nos anos 80. Continue lendo “Poder de verdade têm de ser arrancado…”

Título disputado entre a Lombardia e a Toscana

Terminada uma semana na qual as estrelas milanesas foram as que mais deram o que falar, a Série A retorna neste sábado com a disputa pelo título passando por times bem mais modestos, mas que podem guardar sérios riscos para os postulantes ao “Tricolore”. Antes de chegarem à segunda-feira firmes na luta pelo título, Milan, Napoli e Inter têm de se ver com Fiorentina, Chievo e Bologna. Geograficamente, o título italiano terá uma importante rodada entre San Siro e o Renato Dall’Ara, passando pelo Franchi. Continue lendo “Título disputado entre a Lombardia e a Toscana”

Cassano no Milan: negócio de risco e Ronaldinho fora

O diário Italiano Libero está dando Cassano como certo no Milan em 3 de janeiro. O Milan pagaria €5 milhões ao Real Madrid para ter um jogador equiparável a Edmundo em termos de talento e caráter. Para o futebol brasileiro, a consequência mais relevante é que isso implica numa saída de Ronaldinho Gaúcho do clube, com destinação Palmeiras muito provável (junto com MLS).

Cassano não preenche a falta que o Milan tem de um centroavante após a contusão de Inzaghi, o que também implicaria numa outra alteração: a de Alexandre Pato, que volta em janeiro, passar a ser a alternativa a Ibrahimovic como primeiro atacante. Pato joga bem e sabe fazer a função agora que já aumentou quase 10 kg desde que chegou ao Milan (na verdade, essa alteração de peso também deve ter muito a ver com sua seguida sequencia de lesões, num processo parecido com Kaká no São Paulo).Partizan - Sampdoria 08_09 UEFA Cup. 17 Cassano Antonio by photoreti Continue lendo “Cassano no Milan: negócio de risco e Ronaldinho fora”