Atlético de Madrid: algo mais a provar?

Neste domingo, o Atlético de Madrid entrará em campo pela penúltima rodada da edição 2015/2016 de La Liga. A equipe é vice-líder do torneio, numericamente empatada com o líder Barcelona em número de pontos (85 pontos). O êxito catalão se dá em nome de vantagem no confronto direto sobre os colchoneros de Madrid.

O “Atléti” vai à cidade de Valência enfrentar o Levante, e o treinador rojiblanco Diego Simeone não pensa em dar descanso aos titulares que venceram o FC Bayern, pela Champions League na última terça. Segundo o periódico espanhol El País, haverão apenas dois desfalques por motivo de força maior.

O zagueiro uruguaio Godín voltará a ser poupado, sendo que o defensor sequer participou das últimas atividades físicas. O sérvio Savić ganhará a titularidade preenchendo a lacuna deixada pelo uruguaio. Já o meia-atacante belga Yannick Carrasco, estará no banco mas não surgirá entre os titulares, ainda que recuperado de seus problemas no tornozelo.

Na Espanha a imprensa afirma que o “Atléti” disputará “três finais”, elencando-se as duas últimas rodadas de La Liga (compromisso contra o Celta de Vigo na última rodada), e a final da CL no dia 28 de maio. O ressurgimento de chances de título nacional foi imprevisto, mas não será desprezado.

Prognóstico ruim e possíveis suspensões.

Embora o Atlético detenha favoritismo, o El País ressalta o histórico ruim do time colchonero jogando no campo do Levante. A equipe de Madrid venceu os adversários pela última vez na temporada 2007/2008, mais precisamente em outubro de 2007 ostentando placar de 2×0.

Ou seja, o “Atléti” não vence o Levante em Valência há nove anos. De lá para cá, os rojiblancos perderam três vezes por 2×0 nas temporadas 10/11, 11/12 e 13/14. E empataram duas vezes, 1×1 na temporada 2012/2013 e 2×2 na temporada 2014/2015. Equipe precisará superar um “tabu”.

O El País destacou palavras de Simeone, afirmando que os jogos contra o Levante “tem sido incomuns”. Simeone disse que o adversário tem lhes tomado vitórias e que é “um novo desafio”, tentar fazer tudo correr de forma positiva.

Além do prognóstico ruim contra o adversário, os atacantes Fernando Torres e Antoine Griezmann acumulam quatro cartões amarelos, sendo que em La Liga cinco cartões demandam a suspensão automática. Tanto “el niño” quanto Griezmann podem ficar de fora da partida da última rodada, caso sejam advertidos.

Griezmann em especial soma 21 gols na atual temporada de La Liga, necessitando de apenas um tento para alcançar a marca de 22 gols obtida por ele, na última temporada. Já Simeone ainda cumprirá suspensão determinada pela federação espanhola. O treinador assistirá das tribunas a segunda de suas três partidas, fora do banco de reservas.

Levante x Atlético de Madrid jogam às 12 hr (horário de Brasília). No Brasil a liga espanhola está sendo transmitida pela ESPN e Foxsports. Para obter o título, o “Atléti” não pode ser derrotado e ainda torce por um empate ou derrota do Barcelona, nestas duas últimas rodadas.

Os culés disputam o derby da Catalunha contra o Espanyol também neste domingo, no mesmo horário.

Imagem de Simeone: Bellesteros – EFE