Champions League – oitavas de final (ida – semana II – encerrada).

Os últimos quatro jogos de ida das oitavas de final da Champions League 2015/2016, aconteceram nesta semana. Confira como foram os embates.

Jogos de terça-feira.

Em Londres (Inglaterra), o Arsenal recebeu o Barcelona, sendo que os culés ostentavam justificada condição de favoritos. O técnico gunner Arsene Wenger tentou propor um “ferrolho”, no intento de jogar no contra-ataque. Obteve apenas um bom lance no primeiro tempo, onde Oxlade-Chamberlain finalizou fraco, com o goleiro Ter Stegen no chão.

Na segunda etapa o blaugrena abriu o placar com Lionel Messi aos 72 min, após grande jogada de Suárez. A sete minutos do fim, a defesa gunner cometeu penalti, em lance protagonizado pelo zagueiro Mertesacker e pelo volante Flamini, que derrubou Messi. O próprio argentino cobrou, dando números finais ao confronto.

Messi nunca havia marcado gols no goleiro Petr Cech (ex-Chelsea). O Barcelona pode se classificar na partida de volta mesmo perdendo por 1×0.

Na Itália um confronto eletrizante ocorreu no Juventus Stadium (Turim). A vecchia signora Juventus foi supreendida na primeira etapa, com um FC Bayern incisivo e insinuante. Thomas Müller abriu o placar para os bávaros aos 43 min, após jogada envolvendo Robben e Douglas Costa.

No segundo tempo, o técnico Massimiliano Allegri, promoveu mudanças lançando a Juve à frente. Tirou Marchisio para a entrada do brasileiro Hernanes, porém aos 55 min o Bayern ampliou com Robben, que recebeu bola pela direita de Lewandowski. O holandês livrou-se da marcação em direção ao centro da área e fez 2×0.

13 minutos depois, Paulo Dybala diminuiu para Juve após jogada iniciada pela direita. A bola chegou para Mandzukić, que fez a parede tocando para o argentino finalizar. Allegri sacou o volante Khedira para a entrada de Sturaro, que empatou o jogo aos 76 min. Mandzukić lançou Morata (que havia entrado no lugar de Dybala), que por sua vez cruzou para Sturaro.

O empate demonstrou alguma oscilação mental da parte do Bayern, que convive nos bastidores com críticas ao técnico Pep Guardiola. Porém, a vantagem de dois gols marcados fora ainda é relevante. Os bávaros favoritos podem se classificar no jogo de volta com empate sem gols ou 1×1.

Jogos de quarta-feira.

Em Kiev (Ucrânia), o tradicional porém coadjuvante Dynamo Kiev cumpriu seu papel na competição, após ter ser facilmente vencido pelo inglês Manchester City. O time azul de Manchester surgiu com força máxima. Os citzens saíram na frente ainda na primeira etapa, com gols de “Kun” Agüero e David Silva.

Na segunda etapa, os ucranianos ainda diminuíram com Buyalski aos 55 min. Porém aos 89 min, o veterano volante citzen Yayá Toure ampliou para 3×1, dando números finais à partida. No jogo de volta na Inglaterra, o City se classifica mesmo se perder por 1 gol de diferença.

Já em Eindhoven (Holanda), um cauteloso PSV encarou o Atlético de Madrid, com os holandeses mais preocupados em não tomar gols. A postura pouco ousada da equipe do treinador Phillip Cocu teve um atenuante, com o desfalque o artilheiro suíço naturalizado holandês Luuk De Jong, suspenso.

Apesar dos desenhos táticos diferentes viu-se uma partida espelhada. O Atlético de Madrid se apresentou em sua habitual postura defensiva, com o técnico Diego Simeone praticamente dispondo o colchonero com os atletas proporcionando marcação homem a homem.

O PSV ainda teve um atleta expulso (Pereiro, aos 67 min), mas mesmo com um homem a mais, o Atlético não conseguiu abrir o marcador. O confronto terminou num previsível 0x0.

Todos os resultados das partidas de ida das oitavas de final da CL:

Semana I: Paris Saint-Germain (França) 2×1 Chelsea (Inglaterra), Benfica (Portugal) 1×0 Zenit (Rússia), Gent (Bélgica) 2×3 Wolfsburg (Alemanha), Roma (Itália) 0x2 Real Madrid (Espanha).

Semana II: Arsenal (Inglaterra) 0x2 Barcelona (Espanha), Juventus (Itália) 2×2 FC Bayern (Alemanha), Dynamo Kiev (Ucrânia) 1×3 Manchester City (Inglaterra), PSV Eindhoven (Holanda) 0x0 Atlético de Madrid (Espanha)

As partidas de volta das oitavas de final acontecerão nos dias 8 e 9 de março (semana I) e 15 e 16 de março (semana II).

Imagem de Robben contra a Juventus: Getty Images