Barcelona: Luisito e hora da desforra.

Após a classificação do Barcelona para a final da Champions League 2014/2015, mesmo perdendo para o FC Bayern (3×2) na última terça, o momento dos culés visa a manutenção da liderança de La Liga espanhola. Neste fim de semana, os blaugrenas visitam o Atlético de Madrid no Vicente Calderón, pela penúltima rodada do campeonato espanhol.

O atacante uruguaio Luís Suárez deixou o campo da Allianzarena (Munique/Alemanha), na última terça durante o intervalo e após dar os dois passes para os dois gols de Neymar. Após sentir um desconforto muscular, Luisito deu lugar ao atacante espanhol Pedro, que entrou em campo contra o Bayern na etapa complementar. Suárez será poupado contra o Atlético neste fim de semana.

O periódico espanhol El País chamou a atenção para o re-encontro duplo de Suárez, com dois antagonistas de sua polêmica e irreverente trajetória. A final da CL que ocorrerá no dia 06 de junho, colocará Luisito diante de Patrice Evra e Giorgio Chiellini, ambos atuando exatamente pelo time adversário da Juventus.

Quando ainda atuavam na Premier League inglesa, Evra (então pelo Manchester United) e Luisito (então pelo Liverpool), protagonizaram um suposto caso de racismo, por volta na temporada 2011/2012. Num confronto entre red devils e reds, Evra denunciou Suárez junto a federação inglesa, revelando ter sido vítima de insultos raciais durante a partida.

Suárez negou ter chamado o lateral francês de “negro”, mas a FA inglesa aceitou a denuncia e o uruguaio foi punido com oito partidas de suspensão. No confronto entre reds e red devils no returno, mais polêmica quando as câmeras flagraram Evra e Luisito se evitando. Isso durante o momento em que os atletas se cumprimentam antes das partidas.

O El País ressaltou as palavras de Evra após o empate da Juventus em 1×1 contra o Real Madrid, na última quarta. O lateral minimizou o re-encontro afirmando que o importante é jogar novamente uma final de CL. Evra foi campeão pelo United em 2008 e depois, duas vezes vice-campeão pelos red devils sendo derrotado exatamente pelo Barcelona, tanto em 2009 quanto em 2011.

Evra disse que “se orgulha do que é e de sua cor”. Disse que cumprimentará Luisito no alinhamento inicial da partida final, e que quer ter certeza de que o uruguaio saiba que ele estará em campo. Já a questão com o zagueiro italiano Giorgio Chiellini se dá em virtude da mordida desferida por Suárez, em partida entre Itália e Uruguai na primeira fase do Mundial 2014, em junho passado.

O fato custou a Luisito uma suspensão imposta pela FIFA, que o tirou de campo já na partida das oitavas de final em que a celeste foi eliminada pela Colômbia. Suárez só foi estreiar pelo Barcelona no último mês de outubro. Chiellini por sua vez, também afirmou a imprensa espanhola que aguarda a oportunidade de enfrentar Luisito e que “não há problemas”.

O El País também confirmou que o Barcelona colocará a disposição de Luís Suárez, o mesmo psicólogo que o aconselhou durante os meses em que o uruguaio foi obrigado a treinar em separado, após a suspensão referente à mordida em Chiellini.

Lider de La Liga quatro pontos a frente do vice-líder Real Madrid, o Barcelona visita o Atlético de Madrid às 14 hr (horário de Brasília), no próximo domingo No Brasil o campeonato espanhol está sendo transmitido pela ESPN e pelo Sports +.

Imagem de Suárez na última terça contra o FC Bayern: Patrik Stollarz – AFP