Champions League – 3° rodada da fase de grupos: Liverpool x Real Madrid.

Nesta quarta-feira teremos o complemento da terceira rodada da fase de grupos da Champions League, sendo que o atual campeão Real Madrid visita o Liverpool em partida do grupo B. Se por um lado Liverpool e Real Madrid agrupam 15 conquistas de Champions League (5 reds, 10 blancas), por outro lado ambos os clubes vivem situações adversas em suas ligas nacionais.

O embate entre os dois times que acontece em Anfield Road (Liverpool/Inglaterra), é a grande partida da quarta-feira. O Real Madrid vivenciou tropeços, no início da liga espanhola sobretudo devido a saída de Xabi Alonso, desguarnecendo seu sistema defensivo. Na CL segue com 100% de aproveitamento, liderando o grupo B (6 pontos). Há inconstância defensiva, a qual representa nas palavras do próprio técnico Carlo Ancelotti, “um risco calculado”.

O treinador italiano porém, segue incensado em Madrid tanto por imprensa, quanto pela diretoria merengue. Muito disso se dá pelo esforço apolíneo de Carletto em manter um módulo muito ofensivo com James, Modrić e Kroos no meio-campo, o dito “jogar sem volante”. Noutras palavras, o treinador não recusa o “dna ofensivo” da tradição merengue.

No último fim de semana, os blancos atropelaram o Levante (5×0) e se vêem em terceiro lugar na tabela de La Liga. Dentre os principais titulares blancos, Gareth Bale deverá estar vetado por lesão muscular.

O Liverpool disputa o segundo posto do grupo com o suíço Basel (ambos 3 pontos), por quem foi derrotado na segunda rodada. Os reds estavam fora da Champions League desde 2009. O técnico Brendan Rodgers 1) já cumpriu o que poderia em Anfield e 2) já mostrou que é um bom treinador com um futuro promissor. Tendo contratado muitos atletas para a atual temporada, o conjunto do Liverpool ainda se mostra instável.

A prova maior desta instabilidade talvez tenha sido a vitória maluca por 3×2 contra o Queens Park Rangers, no último fim de semana pela Premier League. Os reds venceram graças a dois gols contra a seu favor e estão em quinto lugar. A prática eficiente de buscar jogadores bons e baratos pode não dar tão certo, com o time disputando dois torneios de alto nível simultaneamente. Nas próximas temporadas, os reds precisarão de um treinador mais tarimbado.

No contexto da partida de quarta, o Liverpool se vale mais do peso da camisa, do que da confiabilidade de seu atual conjunto. O Real Madrid por sua vez, vai a campo com a cabeça no “superclássico” que disputará pela Liga espanhola contra o Barcelona, no próximo fim de semana.

Foto: de Gerrard, meia e capitão do Liverpool: Paul Ellis.