Quanto custou cada ponto – Inglaterra

Não há um jeito certo de se trabalhar um clube de futebol, mas certamente há um jeito errado: o do Manchester City. Os Citizens são os maiores gastões da Europa e são os que têm o pior rendimento financeiro no continente. Um ponto do City na Premier League custou o equivalente a €3 milhões; cada vitória, €8 milhões. E sair do ano com uma Copa da Inglaterra é seguramente um fracasso retumbante, talvez até maior do que o do Real Madrid.

Relação entre investimento e resultados* - Premier League 2010/11

PontosVGContratações (€mil)€mil/ponto€mil/gol€mil/vitóriaMeta obtida
Everton5413511.7173133132
Bolton4612525.449118104454
Blackburn4311465.101118110463
Blackpool3910556.196158112619Rebaixado
Fulham49114911.1612272271.014
Arsenal68197219.1912822661.010LC
Newcastle46115613.3332892381.212
West Bromwich47125613.9692972491.164
Wigan Athletic4294015.2523633811.694
Man. United80237829.5953693791.286Campeão
Tottenham62165525.6564134661.603EuroLeague
Stoke City46134621.4164654651.647
Wolves40114620.3285084411.847
West Ham3374318.1315494212.590Rebaixado
Sunderland47124529.3936256532.449
Birmingham3983725.8586636983.232
Aston Villa48124837.7767877873.148
Liverpool58175998.5061.6981.6695.794
Chelsea712169127.7731.7991.8516.084LC
Man. City712160184.2862.5953.0718.775LC
*Base de dados: Transfermarkt

Para cada City, contudo, há um Everton. Sob o comando do técnico David Moyes, entra ano, sai ano, o time menos badalado de Liverpool monta um time competitivo gastando pouco. Mesmo na milionária Premier League, os Toffees mantém um custo de investimento em contratações que, em relação aos pontos conquistados, se equiparam aos melhores da Europa. Grandíssima gerência financeira também para o Bolton e, ainda que o título não tenha vindo, vale ressaltar o que faz o Arsenal. São seis anos sem título, mas o clube tem o estádio mais moderno da Europa (pago SEM dinheiro público, diga-se de passagem), rende muito bem em relação ao dinheiro gasto e mantém-se na luta pelos títulos.

Além do City, que visivelmente gastam dinheiro por alguma razão que não tem a ver com futebol, também muito mal Liverpool e Chelsea. Os londrinos ainda podem se gabar de ter conseguido uma vaga na Liga dos Campeões, mas os Merseysiders chegaram ao mesmo lugar que os rivais do Everton, que gastaram uma fração de seu investimento.

7 respostas para “Quanto custou cada ponto – Inglaterra”

  1. Acho o DL muito bom, mas ele já se acha mais do que é; tb gosto do Ranocchia, mas não é o Nesta que querem fazer crer. abs

  2. Eu tinha pensado exatamente nisso: o Moyes é um Delneri. abs

  3. Na Premier League já rola uma mentalidade de gestão yankee = futebol = entretenimento. Casa cheia na Liga pra chegar entre os 4. Uma vez na CL ir até o máximo possivel no mata mata. Não precisa ser campeão se chegar na final. O publico garante o faturamento. Por isso Wenger gosta de Fabregas, Arshavin, etc. Jogador de pontos corridos não necessariamente decisivos! Acho que C. Ronaldo e Ibrahimovic (campeão em todas as ligas que disputou) também se enquadram nesse perfil. Enfim decidir contra um Siena não é o mesmo que decidir contra um Livepool numa quarta de final de CL.

  4. Moyes é um ótimo treinador/manager. Consegue montar boas equipes com pouco investimento, e ainda consegue boas vendas.

    Seria um bom nome para suceder Ferguson no Manchester United.

  5. Aleluia! alguém exaltou o trabalho de David Moyes, ninguém fala do cara..o que ele faz ali é espetacular! um time cheio de refugos de qualidade duvidosa como Heitinga e Distin e ótimos desconhecidos como Beckford..

    PS: Gilson, o David Luiz é um fenômeno, já esta pronto para atuar em jogos de alta intensidade em fases finais de Champions. EStranho vc dizer isso dele e exaltar um Rannochia, nitidamente imaturo pra ser titular da Inter.

  6. Impressionante o trabalho do David Moyes no Everton. Já faz uns 5 anos que os caras só terminam na parte de cima da tabela sem grandes investimentos em comparação com os tubarões da liga.

    Curiosamente, não confiaria nele treinando um time de ponta. É engraçado, mas esse é o mesmo sentimento que eu tinha com o Delneri e tenho com outros técnicos como o Mazzarri por exemplo.

  7. O pior para o Chelsea é o fato de que o dinheiro foi muito mal gasto. Repito o que já escrevi aqui um tempo atrás: David Luiz, ao menos pela forma como enxergo futebol, não é e também não creio que vá ser um worldclass. O Fernando Torres é um worldclass- ok, o cara é de vidro -, mas ele precisa de meias de aproximação para tabelas. E no Chelsea esse jogador não existe! O Lampard já é quase um ex-jogador em atividade e o Malouda nunca chegou a ser o que dele se esperava.

    Não costumo ver os jogos da Premier League, mas outro dia, contra o United, assisti à partida e fiquei impressionado com o fato de que os Blues chegavam perto da área adversária e, pela falta de uma mente criativa no meio-campo, invariavelmente acabavam optando pelo cruzamento em busca do Drogba, que não é mais o jogador de 2008.

    Complicada a situação desse pessoal.

Os comentários estão desativados.