Kaká e sua fase na Copa

Kaká foi apontado pela Folha hoje como o jogador que mais corre com a bola mas em má fase técnica porque não fez nada de útil contra a Coréia da Morte. Meia verdade. Kaká está visivelmente fora de forma e sem ritmo, verdade, mas se ele não fez nada, em muito se deve ao esquema de Dunga.

Kaká era um monstro no Milan por conta de quem estava à sua volta. Com Gattuso interditor, Kaká contava com Pirlo e Seedorf para trocar passes em velocidade no que era chamado o futebol champagne do Milan. À sua frente, Pippo Inzaghi era uma referência constante, sempre apto a furar a linha de impedimento.

Só Gilberto Silva tem capacidade de fazer as vezes de Gattuso. Elano e Felipe Melo não são capazes de encarnar o melhor Pirlo e o melhor Seedorf nem em seus sonhos mais loucos. Luis Fabiano tem características diversas de Inzaghi e Robinho joga para si mesmo.

Além disso, Dunga visivelmente determina a seus volantes que joguem na contenção, até porque não têm recursos nem características para ditar ritmo de jogo. A temporada pavorosa de Felipe Melo tem muito disso, pois ele deveria ter sido empregador como interditor puro e não regista como fez no campeonato patético da Juventus.

Por fim, Kaká está sim vendido fisicamente. Não tem explosão, está sem tempo de bola e sofre com a ausência de alternativas que se coloca à sua frente. Ele é de longe o melhor da Seleção no Mundial, mas dadas as circunstâncias (não dá para convocar mais ninguém), um 4-3-3 com Dani Alves e Nilmar substituindo ele e Felipe Melo seria uma alternativa melhor. Elano não é um grande jogador, mas tem uma humildade elogiável e se adapta facilmente, além de marcar melhor que Ramires.

Dunga não enxergou isso na estreia. Estava perdido a ponto de dizer que mandou Alves a campo para aproveitar seus chutes de longe. Se o Brasil não consegue vencer uma retranca como a da Coreia da Morte, não pode aspirar a ser campeão.

4 respostas para “Kaká e sua fase na Copa”

  1. isso era o que eu temia, o Kaká chegando a Copa sem condições totais de jogo pro Brasil, e isso mais a frente será bastante perigoso para a equipe.

  2. Não. Acho que ele vai jogar a 50% até o fim. Ele tem um problema no púbis e precisa operar. Deveria ter feito isso durante a temporada, mas o Real não queria.

  3. Cassiano, você não acha que o Kaká possa se recuperar ao longo da Copa, ficando apto a jogar no mata-mata, se o Brasil passar de fase?

Os comentários estão desativados.