Rooney, o melhor do mundo?

O neocapitão inglês, Steven Gerrard, declarou que acha o colega de seleção, Wayne Rooney, o melhor do mundo. Não sei se ele acha mesmo isso. Naquele ponto da coletiva, ele respondia a uma pergunta na qual o jornalista dizia que a nação toda tinha medo de uma contusão de Rooney (que quase se machucara na tarde anterior). “Então o resto de nós somos merda?”, perguntou Gerrard, antes de esclarecer que achava Rooney o melhor atacante do mundo.

A bronca de Gerrard por Rooney – um torcedor ‘lifelong’ do maior rival do Liverpool, contudo, não me impede de achar isso também. Hoje, com Fernando Torres no estaleiro, acho que o único páreo para Ronney é Didier Drogba, que se transformou nos últimos três anos num atacante mais completo, capaz de sair da área e demonstrar boa técnica. Rooney, se não é tão forte fisicamente, não tem medo de trombar com os defensores e ao contrário de Drogba, pode até atuar como ponta, como fazia quando Cristiano Ronaldo atuava em Manchester. É um craque, o melhor da Inglaterra em muitíssimo tempo. Ele é o jogador que Michael Owen prometia ser. Além de Torres, também Lionel Messi se equupara a Rooney, com um estilo diferente, obrigatório pelo menor porte físico.

Haveria um trio de atacantes, hoje, melhor que Rooney-Torres-Messi?

O Brasil tem ótimos atacantes, mas o único com potencial de fazer páreo a Rooney é Alexandre Pato, que ainda está um degrau abaixo, dada a sua idade. Ronaldinho Gaúcho é um jogador intermediário entre meio-campo e ataque e Luis Fabiano é bom, mas não tanto quanto Rooney. Robinho, Nilmar e Adriano estão todos consideravelmente abaixo dos citados. Sempre teremos os que clamam por Dagoberto, Diego Tardelli ou Zé Cadela na mesma lista, com suas tendências a vociferar do alto de sua segurança digital, mas para eles, temos nosso querido cocho digital.

11 respostas para “Rooney, o melhor do mundo?”

  1. É verdade. O momento é de Rooney. O melhor do mundo pra mim.
    No entanto, em ano de Copa e com a reta final de UCL pela frente, é bom esperar. Se o United for eliminado na Champions e a Inglaterra naufragar (de novo) no Mundial, adeus título de melhor do mundo. Não é o mais justo, mas é assim que a coisa funciona no planeta bola.

    Abraço.

  2. Boa lembrança, também o acho sensacional. Precisamos ver como ele se comportará num clube grande mesmo (eu achava que o Torres floparia do Liverpool). abs

  3. Tenho para mim que o David Villa está no nível dos citados. Inclusive, considero-o mais efetivo que o Fernando Torres, que é um baita jogador…

  4. Só para completar: e se a Argentina não tivesse dado o r**o pro Brasil na Copa América de 2007, você daria bola para a Copa das Confederações? Não. Desprezaria uma eventual conquista argentina. Afinal, ninguém pode com o Brasil-sil-sil-sil !!!

  5. Rooney vem numa temporada espetácular pelo Manchester, provando a todos que um dos grandes do mundo hoje

  6. Entre Rooney e Ronaldo, sou muito mais o Rooney e de fato, é impossivel escolher o melhor do mundo com precisao. abs

  7. Acho o Drogba espetacular, mas ele é o mais velho dos três. Certamente tem nivel similar ao do trio mencionado, mas por menos tempo. Fernando Torres sente o peso de jogar num clube com um elenco pior. Quando ele se machuca, o time desanda. Rooney e Messisão os caras certos no lugar certo. abs

  8. Olá carissimo. Eu só queria que numa proxima oportunidade vc descrevesse de maneira mais pormenorizada pq vc enquadrou F. Torres no trio dos melhores com Rooney e Messi. Linhas acima vc mesmo destacou Drogba. Particularmente acredito que Torres passe muito tempo ausente e ainda não provou muito desde que chegou ao Liverpool, ainda que seja um jogador badalado, que vende camisas e tem grande admiração da torcida. Torres conquistou uma Euro 2008 mas como parte integrante de um grupo muito bom. E entre Rooney e Drogba, vejo Rooney enquanto mais decisivo que Drogba, que claro ainda pode vir a me contradizer.
    Abs!

  9. Acho muito complicado essa coisa de eleger “o melhor do mundo”; Hj temos acesso a todos os jogos de todos os principais jogadores e vemos claramente que ninguém consegue jogar bem todo o tempo; sem contar que, na Copa do Mundo há o risco de muitos deles chegarem em má condição física depois de uma extenuante temporada européia, que é onde a maioria joga.

    Dito isso, ainda acho o Messi o mais completo e “diferente” de todos, mas o Rooney vem fazendo MAIS UMA temporada muito boa (nas outras duas já vinha jogando demais, mas tinha CRonaldo no time meio que encobrindo isso).

  10. Dentro da grande área considero o Rooney excepcional. Realmente espetacular. O segredo para qualquer equipe se dar bem contra o United hoje é “empurrar” o cara uns 15 metros para longe dela. Aí ele é bem mais abordável, digamos assim.

    E é desolador ver a atual safra de atacantes da nossa Seleção. Com todo respeito, Robinho e Nilmar precisam melhorar muito para que figurem em qualquer lista de melhores de suas posições. O Pedro, que surgiu outro dia, já foi mais decisivo em uma única temporada do que Robinho nas últimas quatro.

    O jovem blaugrana vem desequilibrando jogos duros, decisões, e não amistosos em que o adversário já conta com metade dos reservas em campo.

    Adriano até entraria fácil em um top 10 de centroavantes se quisesse. Ele pode, mas não parece querer.

Os comentários estão desativados.