Melhorar o time ou massagear o ego?

Ainda que alguns leitores se enfureçam quando eu questiono o time do Internacional, é claro que se trata de um time bom para os padrões brasileiros. Certamente estará disputando o título até o final e é ao meu ver um dos favoritos. Mas a política de contratações continua me causando estranheza.Cléber Santana, por exemplo. Os jornais espanhóis dizem que o Atletico Madrid pede €5 milhões pelo seu passe e que o clube e o parceiro pensam em adquiri-lo. €5 milhões? Por Cleber Santana? Por um jogador que no Santos era de médio para razoável e que fez 21 jogos como titular pelo Mallorca? Eu duvido que o Inter não consiga um jogador melhor no Brasil ou na América Latina por metade dessa soma.

Além da melhoria do elenco, me parece que o Colorado quer é o título de time mais poderoso do Brasil, inclusive financeiramente. Diante de sociedades gerenciadas ridiculamente, o Inter é um colosso mesmo, ao lado de Cruzeiro e São Paulo, sem dúvida. Mas num elenco que é numericamente um dos maiores do Brasileirão, me parece que várias das atuais opções são melhores que Cléber Santana por esse preço.

4 respostas para “Melhorar o time ou massagear o ego?”

  1. É como eu disse, Cassiano. Antes de 2006, eu só via essa arrogância na torcida do Grêmio, q mesmo antes de ganhar tudo na década de 90, já era arrogante desde sempre.
    Inclusive quando critico o time, os colorados me olham com cara feia e dizem: "Esse aí parece q não é colorado".
    Será que vamos precisar de outra década de 90 para voltar a humildade? hehehe

  2. Pois é Greg, acho que os Colorados foram invadidos por uma ilusão de que o Inter é um time muito melhor do que é. Caso o Inter ganhe dois ou três Brasileiros em seguida, será, d efato, o melhor time do Brasil. Hoje, é só um candidato. E vc tem toda razão: esse ufanismo parte da conquista de 2006 que, apesar de merecida, não reflete a superioridade do Inter sobre o mundo (assim como o São Paulo de 2005 não era melhor que o Liverpool mesmo vencendo em Tóquio).

  3. "€5 milhões? Por Cleber Santana?"… Não é possível! O empresário desse cidadão deve ser um gênio. Não parece, pelo pouco que acompanho do fut brasileiro, que o Depto. de Futebol do Inter seja composto por idiotas. Mas dizem existir até quem queira trocar Sneijder, Robben e mais € 30 milhões pelo Ribéry. O cara é muito bom, mas não vale isso. O mundo do futebol enlouqueceu.

  4. Cassiano, mais uma vez sou obrigado a concordar contigo. Nada contra o Cleber Santana, bem pelo contrário. Até o acho um jogador capaz de agregar qualidade ao time do Inter, desde que contenham seus cotovelos. O problema mesmo é o preço. Como tu bem salientou, por esse valor pode-se conseguir coisa bem melhor.
    Agora, não entendo esses colorados que ficam irritados contigo. Achava que depois daquela pavorosa década de 90, o torcedor colorado era mais realista. Mas, cada vez mais, o lado negativo de 2006 vai aparecendo…

Os comentários estão desativados.