Tag: Copa (Page 2 of 2)

O Brasil chegou à Copa

Uma apresentação à altura do Brasil. Ainda não foi bom, ainda não houve brilho, mas foi o suficiente para todos irem para casa e darem a tarefa por feita. Bem Kaká, excelente Luis Fabiano e ótimos Gilberto Silva e Elano. Apesar da opinião geral, ainda acho Robinho o gastão displicente de sempre. O Brasil fez sua primeira partida de Copa. Com méritos.

Ler mais

Copa do Mundo Clicherator Tabajara 2010

A Copa do Mundo ainda não teve nenhuma rodada completa, mas o Copa do Mundo Clicherator Tabajara 2010 está ligado no volume máximo. Jornalistas que acham que futebol fora de seu Estado é futebol internacional estão dando um show de conhecimento e apego á profissão na narração da Copa. Como Ney Paraíba e Antonio Lopes não estão na Copa, é sempre bom usar os clichês de cada seleção que vêm com este maravilhoso produto. Ligue djá e garanta o seu.

Ler mais

Copa já tem vencedor: a Fifa

Não importa quem levantará o troféu. O grande vencedor da Copa do Mundo de 2010 (e também das próximas) é o selecionado de Joseph Blatter. A Fifa faturará cerca de R$7 bilhões com o torneio, sendo que seus custos não chegaráo à metade. Isso porque os ganhos com acomodações foram abaixo do esperado – cortesia da crise internacional e de uma combinação de altos preços e crime na África do Sul. A Fifa, teoricamente (assim como a CBF), é uma entidade sem fins lucrativos – provavelmente a que mais ganha dinheiro no mundo na sua categoria.

Esta nota foi publicada no diário Lance!

Olha a Copa do Mundo aí, gente…

Do Lancenet:

Pernambuco prefere construir estádio novo do que reformar Arruda
Ao invés de deixar clube reformar próprio estádio com dinheiro privado, Governo de Pernambuco prefere jogar R$470 milhões na privada.

Vamos comemorar. Certamente a Federação Pernambucana e o governo do estado estão pensando na população. Ô, antro de ratos que é esse torneio…

Uma Copa dos Campeões – Mesmo!

Hámuito tempo não havia um sorteio tão feliz quanto o da Liga dos Campeões 2009/10. Exceção feita ao grupo G (onde dois times vão passar para a próxima fase e destoar do resto – não importando quais sejam), grandes, gramdes clássicos, equilíbrio, e até nos times do pote 4, os mais fracos, pitadas que podem representar novidades.

A seca

Este parecia ser o ano em que Adriano finalmente iria estourar. Procurada pelos maiores clubes da Europa, a Inter disse ‘não’ e manteve o brasileiro em Milão. Com uma Inter um ano mais entrosada, se esperava que o brasileiro não precisasse ser o único a salvar a pátria interista a cada vez que as coisas não andassem às mil maravilhas.

Ler mais

Page 2 of 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top