Tá, vamos deixar para lá a ladainha de “fim da Era Pato” que tomou conta da mídia com a venda de Alexandre Pato para o Milan. Não dá para levar a sério quem quer dizer que um jogador com 27 jogos como profissional possa ter deixado uma marca na história de um clube da envergadura do Colorado, mesmo que ele tenha participado de uma conquista épica. A saída dele do Beira-Rio era certa, ainda que tenha sido apressada pelo modo ufanista como a mídia o tratou.

Ler mais