Tag: cbf (Page 1 of 3)

Seleção brasileira: o inexplicável retorno de Kaká.

A grande surpresa na convocação de Dunga, para os amistosos da seleção a serem realizados nos EUA nos próximos dias, foi o retorno do meia Kaká, atualmente jogando pelo Orlando City, da MLS yankee. Imaginava-se que o ciclo do meia de 33 anos, junto à seleção brasileira já tivesse expirado.

Ler mais

FIFA: sob os escombros sul-americanos da casa que caiu.

A imprensa mundial segue repercutindo as consequências das prisões, de agora oito dirigentes ligados à FIFA, entidade máxima do futebol mundial. A ação combinada entre o FBI norte-americano e a justiça suíça deflagrada na última quarta-feira visou o agrupamento dos lideres das confederações ligadas à FIFA, reunidas em Zurique (Suiça).

Ler mais

Depois da terra arrasada

Tragédias são progenitoras de revoluções. Raramente há um momento melhor para se fazer transformações profundas do que depois de um incidente cujas proporções mudam o horizonte visível. No que diz respeito à Seleção, dificilmente seria possível desenhar um evento mais apocalíptico do que o ‘Mineirazo’ da Copa. A liberdade pós-apocalíptica é a única licença poética que faz com que a convocação de Dunga não seja bizarra, para dizer o mínimo.

Ler mais

A vitória da vocação para a derrota

O desastre brasileiro no Mineirão já vai longe – mais de duas semanas – mas ainda é tempo de se falar dele. Na verdade, apesar da maioria das pessoas não se dar conta, o jogo dos 7 a 1 é um evento histórico que gerará documentários, dissertações, livros e outras abordagens. Raramente as testemunhas de um evento histórico se dão conta de sua relevância na mesma hora. A história se consolida somente quando se transforma em passado e pode ser vislumbrada com um certo desprendimento.

Ler mais

Efeito Dunga: o horror

Enfim, a CBF oficializou o retorno de Dunga ao comando técnico da seleção. Nada mudará. O horror é algo ao qual o personagem de Marlon Brando alude em “Apocalypse Now”, clássico cinematográfico baseado na Guerra do Vietnã, dirigido por Francis Ford Coppola. O horror é o sabor indescritível do “day after” após a eliminação do Brasil, derrotado por 7×1 pela Alemanha, nas semifinais do Mundial sediado no Brasil.

Ler mais

Mediocridade atleticana estava óbvia para quem quisesse ver

Quando o Atlético-MG venceu a Libertadores, numa dos maiores seqüências de sorte da história da competição, minha impressão era a óbvia – era um time medíocre. “Você está louco! É um baita time”, ouvi da maioria esmagadora de amigos e colegas. A derrota no Marrocos não é nenhuma zebra. O Galo é simplesmente um time medíocre, que teve a sorte de times ainda mais medíocres atravessarem seu caminho na competição sulamericana que venceu neste ano. Para a assessoria de imprensa que apostava num grande papel dos mineiros na África, ficou a enésima prova de incompetência. O Galo consegue ser quase tão incompetente quanto a mídia esportiva que o analisa.

Ler mais

A Seleção que pode marcar as carreiras de Neymar e Ganso

Eu sei, eu sei. Faz tempo que não escrevo. Infelizmente, meu trabalho tem me deixado pouco tempo para versar sobre futebol e, na verdade, o futebol também tem feito pouco para merecer que eu perdesse meu tempo. Há, contudo, eventos que superam a normalidade pelo bizarro, como o jogo da Seleção Brasileira. Para todo mundo, o resultado e o jogo foram só bizarros e frustrantes. Menos para Ganso e Neymar. Os dois jogadores mais talentosos de sua geração estão sendo identificados como os símbolos da “Era Mano”, especialmente pelo alinhamento também extracampo com a gestão criminosa da CBF. Esportivamente, eles não tem culpa, mas a falta de atitude de ambos pode criar traumas em suas carreiras.

Ler mais

Rivaldo e o gerador de crises 2.0

“Ele é visivelmente um craque, mas não consegue mais jogar profissionalmente nem com jogadores muito menos técnicos que ele”. A frase é de 2009, de um colega jornalista uzbeque, sobre Rivaldo. Dois anos depois, Rivaldo joga num clube “diferenciado” do “melhor futebol do mundo”. Muito menos decisivo do que quer se supor, o ex-craque transformou-se num gerador de crises dentro de um clube em eterna crise.

Ler mais

Page 1 of 3

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top