A cena de gennaro Gattuso pegando um senhor pelo pescoço enquanto seu time perdia o jogo para o Tottenham por 1 a 0 em Milão correu o mundo. Gattuso foipesadamente criticado (com razão) por uma atitude antidesportiva – e os italianos não ficaram atrás. “Milanimals”, bateu o The Sun; “Gattuso deveria saber com quem estava mexendo”, observou o Guardian; “Mafiosos do Milan fazem com que todos torçamos pelos Spurs”, concluiu o Daily Mail. O pivô inglês do evento foi Joe Jordan, glorificado pelos ingleses como sendo um exemplo da fibra e da coragem do futebolista do país. E se esqueceram de quem ele é.

Ler mais