O futebol brasileiro deste ano teve muito mais a ser comentado por conta de corrupção, banditismo, Ricardo teixeira, Andres Sanches e afins do que do jogo em si. Neste último, somente o Santos foi digno de nota por ter chegado à final da Libertadores, apesar de Wagner Ribeiro, DIS, DNA ofensivo e outras bobagens. Mas nas últimas semanas, algi mais aconteceu. Claro, com muito mais bobagens do que qualquer outra coisa.

Ler mais