Na quarta-feira, no Pacaembu, o menino dourado do Santos, Neymar, deu a sua primeira prova de maturidade. Sim, foi a primeira. Em nenhuma outra partida realmente decisiva e relevante do Santos, Neymar havia sido o que se espera de um jogador com suas ambições.  Mesmo reconfortado de jogar ao lado de Ganso, Neymar jogou como o jogador que se espera dele. Isso não é pouco.

Ler mais