Há duas semanas, quando o Chelsea demitiu o técnico-assistente de Carlo Ancelotti, Ray Wilkins, a razão não ficou clara. A explicação mais aceita era a de que líderes do elenco como John Terry e Frank Lampard tinham perdido a confiança nele.

Ler mais